Arquivos da Tag: Viagem

Tour por Brasília

Já estive em Brasília milhões de vezes, mas nunca tive a oportunidade de turistar. Mas de férias marcadas, finalmente chegou minha vez de passar por lá e conhecer a cidade por um lindo dia inteirinho.

E eu escolhi fazer o passeio, pelo famoso ônibus de dois andares, que atualmente é feito pela empresa Catedral Turismo.

Como funciona?

O passeio é rápido, sai do Brasília Shopping, dura cerca de 2 horas, e passa pelos principais pontos turísticos de Brasília.

 

O passeio começa em direção à Antena de Tv e a Catedral, e segue pela Esplanada dos Ministérios, um dos pontos altos do passeio (pelo menos para mim), onde os viajantes têm a oportunidade de conhecer o Palácio do Itamaraty e o Congresso Nacional até na Praça dos Três Poderes, onde acontece uma uma parada de 10 minutos, tempo para o viajante registrar o momento e conhecer mais de perto os monumentos.

O roteiro segue pela Ponte JK e Palácio da Alvorada, onde acontece a última parada do tour, também com duração de 10 minutos. Para retornar ao ponto inicial do passeio, o ônibus passa pelo Eixo Monumental, onde é possível ver o Palácio do Planalto, o Palácio da Justiça, o Teatro Nacional de Brasília e o Conjunto Nacional.

Pontos altos:

– Boa opção para quem não dispõe de muito tempo ou não tem paciência para entrar nos museus e explorar mais a fundo cada um dos pontos turísticos.

– Há narração em português, espanhol e inglês com uma curta explicação sobre os lugares visitados.

– O ônibus é novinho e conta com 53 poltronas na parte superior e 14 na parte inferior, todas equipadas com cinto de segurança. Há assentos especiais para cadeirantes e, na parte superior, há uma parte semi-coberta, para evitar o sol na cabeça.

Pontos negativos:

– O Passeio é caro, e o ônibus só circula com a quantidade mínima de 5 passageiros.

– Dizem que a ideia é que o ônibus funcione, tal como no exterior, e em Curitiba, no qual eu também já fiz, no sistema em que se pode subir e descer em qualquer uma das paradas. Dessa forma, seria possível gastar o tempo que desejar em determinada atração e depois pegar o próximo ônibus. O problema é que, na prática, o sistema não funciona muito bem, em razão da quantidade mínima de passageiros exigida para o ônibus circular. Assim, é possível que os passageiros ingressem no ônibus em qualquer das paradas preestabelecidas, mas, se algum dos passageiros quiser ficar mais tempo em uma das paradas, não há garantia do horário em que o próximo ônibus irá passar.

– Há apenas 3 paradas (Catedral, Praça dos Três Poderes e Palácio da Alvorada) e o tempo em cada uma delas é bem curto: apenas 10 minutos.

– Não aceita cartão de crédito. O pagamento pode ser feito somente em dinheiro.

Horários

Os ônibus do city tour da Catedral Turismo em Brasília têm saídas diariamente às 10h30, 14h e 16h30 com pelo menos 5 passageiros.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 99304-1992

Valores:
– Adulto: R$ 50,00
– Crianças com até 5 anos: gratuito
– Crianças de 6 a 12 anos: R$ 25,00
– Maiores de 65 anos: R$ 25,00 *

Tags , ,

A incrível Biblioteca de Tianjin, na China

Somos cultura sim senhor e hoje vamos falar de uma biblioteca magnifica. Conheçam agora mesmo a Biblioteca  que fica em Tianjin, na China, e que é de tirar o fôlego.

O empreendimento foi construído pela  empresa de arquitetura MVRDV, e conta com área de 33,7 mil m² e capacidade para cerca de 1,2 milhão de livro, e foi inaugurada em outubro de 2017. 

Ao dar aos visitantes a sensação de que eles estão caminhando dentro de um olho, o átrio amplo, branco e bem iluminado com uma enorme esfera no centro rodeada por estantes que se espalham pela circunferência do espaço, do chão até o teto.

No entanto, a biblioteca dos sonhos de todo o amante de livros tem um problema: não tem livros.

Quando olhamos mais de perto, as extensas estantes são adornadas apenas com imagens de livros. Ou seja, o acervo é de “apenas” 200.000 exemplares. E quando na abertura do prédio, parte do acervo ficou em exposição espalhado pelas estantes.

Além disso ideia original teve que ser alterada para que a obra fosse finalizada no prazo de três anos e as estantes superiores ficaram impossíveis de acessar.

Mas a biblioteca tem outras salas com estantes normais, onde é possível acessar todo o acervo. Segundo o vice-diretor da Tianjin Binhai, Liu Xiufeng para o site Mashable, autoridades não permitiram colocar livros no saguão principal, que será utilizado para socialização e leitura.

O prédio ainda conta com dois pátios no telhado, salas de leitura, de áudio e de informática, escritórios, espaços para reuniões e auditórios. Mesmo sem sua principal atração, a biblioteca tem recebido mais de 15 mil visitantes toda semana.

Quero visitar!  Vamos a China?

Fonte: ExameCasa Vogue, O Globo,

Tags , , , , , , , , , , ,

Las riquezas da Playa Parayso

Uma das praias mais lindas do litoral mexicano, sem sombra de dúvidas: Playa Parayso, localizada em Tulum (pertinho de Cancún) no estado de Quintana Room.

Ambiente agradável, mar azul e uma paisagem linda. O mar não é calminho, mas também não é tão forte. Tudo tão perfeito que da pra esquecer os problemas por uma boa parte do tempo.

Como chegar:

Em primeiro lugar, que logo no aeroporto de Cancún, vão lhe oferecer a opção de realizar um tour até Tulum por “apenas” US$ 149 (mais de R$ 600). Mas, sinceramente, essa opção só vale a pena se você estiver disposto a rasgar dinheiro, já que é bem fácil chegar até lá por conta própria.

Saindo de Playa del Carmen, a maneira mais fácil de chegar a Tulum é de van que já indicam que Tulum é seu destino.

Dúvidas? É só perguntar ao motorista que você irá descer na zona arqueológica. Quando eu fui (maio/2015) o motorista cobrou cerca de 40 pesos mexicanos (nem de R$ 10).

Um passeio de perder o fôlego, e se eu voltaria ao Mexico? Voltaria sim, mas não para ir em Cancún, que achei que não vale a pena. Cozumel também não. Tulum, Akumal e Islas Mujeres sim, arriba!

Tags , , , , , , , , , ,

V de VIAGEM

No meio de tantas frustrações e peças que a vida nos prega é essencial que tenhamos tempo para nós mesmos: um dia, uma hora, 15 minutos. Não importe o tempo que dure, mas sim que usemos este tempo para refletirmos o quão somos afortunados apesar do estresse do dia a dia.

Que tal usar este tempo e meditar também no que deu errado e o que pode fazer de diferente? O aprendizado vem com os erros, e dizem que a partir de erros passados, podemos fazer melhores escolhas e saber o que é prioridade. E se “Antoine de Saint Exupéry” estiver certo e se o essencial for realmente invisível aos que tal investir no melhor uso do tempo e no que realmente te faz feliz?

Bem, minhas férias chegaram e estou de malas prontas rumo ao litoral de Santa Catarina. E eu espero que além de muita paz e sossego eu possa descobrir novos rumos, novos caminhos e até trazer novos temas para vocês aqui no site.

Minha mala está pronta, vamos rumo a diversão, a paz de espírito e ao crescimento emocional?

A vida é dura, mas neste tempo que estiver por lá, quero concentrar no que é belo, e agora sei que isso vai muito além de paisagens naturais, o que é e pode ser belo, está dentro de mim.

Eu estarei de bem com vida e o tempo vai ser cura. E poderei fazer bom uso dele, mas tb sempre que puder estarei no Instagram, com dicas para vocês. Venha comigo nessa aventura e prepare seu coração, que vai ser demais!

Leia também:

Preparar, apontar: Desacelerar – por Dariane Vale

 

Tags , , , , , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – O projeto Tampart e a Usina do Gasômetro de Porto Alegre

Um dos pontos altos da minha breve passagem em Porto Alegre foi conhecer o projeto Tampart e a Usina do Gasômetro. São 130 mil tampinhas de plástico oriundas de garrafas PET e outros produtos, que formaram uma incrível e linda obra de arte.

De acordo com o site sul21, segundo seu idealizador, o artista visual Ubiratan Fernandes, 57 anos, o objetivo da instalação é chamar a atenção para a degradação e o acúmulo de lixo nos oceanos. “O projeto nasceu por causa da minha preocupação com a degradação dos oceanos”, disse. Ele conta que o primeiro projeto que desenvolveu com essa temática foi em 2011, na praia de Punta del Este, Uruguai. “Lá tinha uma árvore que decorei com o lixo encontrado na praia”, diz, acrescentando que realizou esse trabalho no país vizinho por três anos consecutivos.

Estive lá e aproveitei, pena que perdi algumas fotos, mas segue outras:

Lindo né? Eu amei, e quero voltar para tirar novas fotos.

Todas as tampinhas foram furados e aparafusadas uma a uma. Foto: Reprodução: Guilherme Santos/Sul21

Sobre o Centro Cultural Usina do Gasômetro:

O Centro Cultural Usina do Gasômetro é um dos espaços culturais mais importantes e conhecidos de Porto Alegre. Funciona na antiga usina termelétrica do Gasômetro, inaugurada no dia 15 de novembro 1928, na chamada Praia do Arsenal, projetada para gerar energia à base de carvão mineral. Sua importância histórica é inegável, pois foi palco da industrialização no Brasil.

O complexo arquitetônico recebeu esta denominação devido à proximidade com a antiga Usina de Gás de Hidrogênio Carbonado que fornecia gás destinado à iluminação pública e abastecimento de fogões, construída em 1874, e que dava nome à região, que era conhecida como “a volta do Gasômetro”.

Em 1974 a Usina encerra suas operações como geradora de energia e é desativada. Em 1982 a Eletrobrás transfere para o município o uso do terreno. Neste mesmo ano, o governo estadual tomba a chaminé e, em 1983, o governo municipal tomba o prédio. Foi aberto à população como Centro Cultural no ano de 1991. Os 18 mil metros quadrados de área abrigam auditórios, salas multiuso, anfiteatros, espaços para exposições, cinema e teatro.

Leia também:

Férias 2017 – O surpreendente Cânion Itaimbezinho

Férias 2017 – O Fantástico “Mini Mundo” de Gramados

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – O surpreendente Cânion Itaimbezinho

Pense estar em Gramados/RS, com aquele friozinho gostoso, ruas lindas e limpas. Chocolates e mais Chocolates, sabe o que tá faltando? Chegar até Cambará do Sul/RS e conhecer os cânions que já foram cenários de fundo para inúmeras novelas globais, com vistas de tirar o fôlego e beleza de sobra.

Pra quem não sabe, os cânions  são encostas, desfiladeiros, quebradas ou gargantas (em inglês, cânion),  e estão situados no Parque Nacional dos Aparados da Serra, na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Brasil. Sendo que a parte superior do planalto está localizada no estado do Rio Grande do Sul, sendo que as bordas do cânion são a divisa com o estado Santa Catarina.

No nosso caso, que sempre tínhamos vontade de ir compramos o cupom comprado no site  Tchê ofertas. 

E o ônibus nos pegou pela manhã em Canela, onde estávamos hospedados. E apesar de atrasar um pouco não tivemos problemas com a empresa. Alguns sites contam que quando na entrada do parque devem pagar a entrada, mas nós não pagamos e não sei o motivo. Chegando lá, hora de começar a longa caminhada de 3 km até o Cânion. Bem vindo ao Cânion Itaimbezinho.

Haja pernas, mas o caminho é lindo e dá para ir tranquilo, e ir tirando fotos até perder o fôlego e chegar no cenário mais que perfeito do mundo.

Para voltar mais 3 km, e bem cansados e famintos, no cupom além do passeio incluía um piquenique com lanches e frutas. Sorte a nossa! Já no fim da tarde embarcamos de volta no ônibus e fomos deixados na porta do hotel.

Como chegar: Está localizado na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul, na divisa com o extremo sul do estado de Santa Catarina, o acesso ao parque dá-se tanto através da rodovia RS-020 como da rodovia BR-101, passando por Praia Grande (SC) via serra do Faxinal. 

As cidades mais próximas à unidade são Cambará do Sul e Praia Grande. Cambara do Sul fica a cerca de 190 km de distância da capital gaúcha, Porto Alegre, enquanto Praia Grande está a 294 km da capital catarinense, Florianópolis. A entrada no parque é feita nos Postos de Informações e Controle, que ficam em Praia Grande e Cambará do Sul.

Fauna, Flora e Clima: A área do parque engloba uma região na qual estão presentes os biomas da mata atlântica, das florestas de araucária e do pampa gaúcho, com campos e penhascos. O parque protege diversas espécies animais, como papagaios-de-peito-roxo (Amazona vinacea), lobos-guará (Chrysocyon brachyurus), jaguatiricas (Leopardus pardalis), guaxinims (Procyon lotor) e até mesmo do leão-baio (Felis concolor).

O clima é temperado, com temperatura média anual de 16°C, sendo que o mês mais quente é janeiro e os mais frios são junho e julho.

Veja também:

Férias 2017 – Canela/RS: Foto à Moda Antiga

 

Tags , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – O Fantástico “Mini Mundo” de Gramados

Em Gramado (RS), há um parque que faz parte de um seleto grupo de atrações turísticas mundiais que apresentam magnificas réplicas de construções em escala única de 1:24 ( tudo 24 vezes menor que o original), ambientadas ao ar livre em um lindo jardim. Claro que estou falando do “Mini Mundo”, e eu estive lá e trouxe imagens e curiosidades para vocês.

As miniaturas são reproduções de obras arquitetônicas reais, exibidas em cenários que formam uma cidade cidade inteira, de brinquedo, ao ar livre. Brinquedos de adultos fabricados de forma artesanal, seguindo com fidelidade os projetos correspondentes

Aproveitei e tirei foto ainda com os ursos Gui e Ana. Lindos!

Outras curiosidades:

Reprodução/ Site Mini Mundo

O parque conta, ainda, com área de alimentação (caro), parque infantil, espaço para redação e remessa de correspondência, e local para aquisição de presentes e lembranças do Mini Mundo e de Gramado (super faturado).

Para saber mais:

Ingresso (Julho 2017): R$ 36 inteira/R$ 18 meia (inclusive para surdos)

O Mini Mundo recebe seus visitantes das 10h às 17h, todos os dias da semana, e está localizado na Rua Horácio Cardoso, 291 – Gramado/RS

Contato: Fone: (54) 3286.4055/ E-mail: minimundo@minimundo.com.br ou www.minimundo.com.br

Veja também:

Férias 2017 – Canela/RS: Foto à Moda Antiga

 

Tags , , , , , , , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – Canela/RS: Foto à Moda Antiga

Já conhece a Foto à moda Antiga?

Então, estive em Gramado e Canela neste mês de Julho 2017, e eu e minha mãe tivemos a oportunidade de fazer umas fotos temáticas com o fotografo Mario Bertolucci. Vamos ao resultado?

Além de super competente e simpático, o serviço do Mário é eficiente e a entrega é garantida. Ele também foi super paciente conosco, uma vez que não escutamos direito, e explicou várias vezes. Eu e minha mãe amamos, e indicamos.

Quem for ao Sul, aproveitar as belezas de Gramado em Canela, devem aproveitar.

_______________________________________________________________________________________________________________________________Serviço: Foto à moda Antiga por Mário Bertolucci

Apenas: R$ 20 por tema – Todos os dias, das 09:00 as 19:00.

http://fotoamodaantiga.blogspot.com.br/

Próximo ao Museu da Moda e o Mundo a Vapor – Canela/ RS, Brazil

Contato: Tel: (54) 999572427 – mariobertolucci@gmail.com

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Férias 2016: O lindo Marco Zero de Recife!

O Marco Zero, na Praça Rio Branco, no Recife Antigo é referência turística da cidade e conhecido como local de fundação da cidade do Recife e também como ponto inicial de contagem das distâncias calculadas a partir da cidade.

Reprodução: Antoniotur.

 

Em volta do marco zero encontra-se, pintada no solo pelo pintor Cícero Dias, a Rosa dos Ventos, inspirada na obra do pintor “Eu vi o mundo. Ele começava no Recife”.

Recife Antigo

Reprodução: Antoniotur.

O lugar é um dos pontos mais importantes na capital Pernambucana, pois é também uma região de forte movimento durante o Carnaval, com a Central do Carnaval. Espaço de apoio aos foliões durante a data festiva que no restante do ano funciona como acervo da memória carnavalesca, com restaurantes e serviços ao turista.

O Marco Zero de Recife. Imagem: Blog dos Pernés

Aproveite também no local o Parque de Esculturas e os edifícios do Centro Cultural da Caixa e da Associação Comercial de Pernambuco, e o Museu Cais do Sertão. Além disso vale a pena visitar o novo Mercado de Artesanato, que traz peças de mestres artesãos e outros artistas reconhecidos de todo o estado.

Thiago Perné Santos, do Marco Zero de Recife para o Brasil. Imagem: Blog dos Pernés

Desde 2000, em homenagem aos “500 anos de Descobrimento do Brasil”, do Marco Zero, olhando para o mar, se vê o Parque das Esculturas: um conjunto de peças de cerâmica produzidas pelo artista plástico Francisco Brennand onde se destaca a Coluna de Cristal. Há um porto no local de onde é possível fazer a travessia de barco para o parque a fim de ver as obras de perto.

Leia também:

Férias 2016 – Recife, do Lixo ao Luxo (e vice e versa)

O melhor combo: “Jalapeño Bacon Burguer” e as “Fritas Trufadas” – The Fifties Recife

Responsabilidade Social: Acessibilidade no Shopping Rio Mar Recife

 

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Entrevista Inédita: Débora Olivieri

photoDébora Ida Szafran, ou Débora Olivieri como é mais conhecida, tem 58 anos de idade, sendo 42 de atriz. Ela tem duas filhas, a Julia de 31 anos e a Fernanda de 28. Já fez muita teatro, cinema e novela. Namora atualmente o holandês Rudd Dankers, que conheceu através do aplicativo de relacionamentos Tinder.

Quais cuidados que você tomou e que devem ser tomados pelos que usam esse tipo de aplicativo?

Minha filha insistiu para que eu entrasse neste aplicativo e conhecesse alguém interessante. Resisti bastante, mas eu estava há 15 anos sem me relacionar com ninguém e sentia falta de um companheiro.

O Ruud estava no Rio, tinha chegado ao Brasil naquele dia. Procurei na Interpol e na internet tudo o que pudesse ter sobre ele contra ou a favor. Começamos a conversar, saímos e, desde então, sempre que possível estamos juntos. E por incrível que pareça tive muita sorte. Não conseguimos ficar mais de um mês separados e posso dizer que fui sorteada sozinha na Mega Sena, ao encontrar este amor incrível, sincero, honesto e cheio de outros adjetivos absolutos que me fazem feliz e completa.

deborah-olivieri

Débora e Rudd

Por que escolheu atriz, como profissão? Sabe dizer quantas participações em Novelas, Filmes e Teatros? Qual mais gostou?

 Sou atriz há 42 anos e amo o que faço. Acho que foi a profissão que me escolheu. Amo ser atriz, desde criança. Se for contar todas as participações não caberia nesta entrevista. Mas confesso que meu melhor papel é sempre aquele que vivo no momento. Não consigo lhe dizer o melhor deles. Gosto de todos eles. Vivo o presente e dou a cada personagem a vida que ele merece.

Já trabalhou em algo que não gostava? Na sua opinião  qual a importância em trabalhar com o que gostamos? 

Já fui gerente de boutique, tesoureira de banco e trabalhar com o que gosta e viver do que trabalha é tudo na vida. Todos trabalhos que fiz foram necessários para sobreviver, mas junto a isso, sempre fui atriz, tendo começado aos 16 anos. Por sorte, hoje sou independente com na minha profissão, e isso não tem preço.

g1

Com Glória Pires, Thalita Lippi, Thiago Rodrigues e outros colegas de elenco da novela Guerra do Sexos.

213197

Semiramis, a personagem em Guerra dos Sexos. FOTO: Rede Globo.

Quais preparativos que você faz para viver uma personagem? Consegue se desligar da personagem quando acaba a gravação? 

Sou muito dedicada a cada personagem que recebo para viver. Estudo muito e quando saio do teatro, set de filmagem ou TV, deixo os personagens no cabide do camarim e não os levo para casa.

Na TV já foi a Inês de Terra Nostra, Matilde de Aquarela do Brasil, Carmem de Chiquititas, Semiramis de Guerra dos Sexos, e atualmente vive a Ana de Êta Mundo Bom! Qual desses personagens foram mais marcantes?

Viver a Inês de Terra Nostra me deu muito prazer. Talvez posso dizer que que até agora foi o que mais gostei.

Em Chiquititas viveu a vilã Carmem. Também se mudou para Argentina? Como foi trabalhar com crianças?

 Sim, vivi na Argentina por quase 4 anos, e amei essa experiência. Adorei a experiência de trabalhar com crianças e saber que influenciei artisticamente mãos deles. Às vezes encontro o pessoal que agora são adultos, e acho lindo ver a trajetória que cada um deles seguiu.

1998-99

Em Chiquititas ela viveu a Carmem por 3 temporadas e contracenou com muitos artistas talentosos e reconhecidos hoje em dia: como Flávia Monteiro, Oscar Magrini, Fernanda Souza, Jonata Faro, Carla Diaz, Nelson Freitas entre outros. (Foto de 1998, 1ª Temporada da novela)

 

deborah-olivieri-a-rosa

Caracterizada como Rosa, personagem que viveu recentemente no Teatro, na peça de mesmo nome.

Hoje, está novamente na Globo, mas já trabalhou em várias emissoras, passando por SBT, Band e Cultura. O que mudou na TV nos últimos 30 anos na sua opinião para melhor e para pior? O que você acha da programação televisiva hoje? Qual o futuro da TV?

Acho que é um avanço a TV se acoplar com a internet. E creio que quanto mais emissoras e programas alternativos houver, melhor será para o ator que tem mais oportunidades de trabalho e melhor será aos espectadores, no sentido do poder de escolha por ter variedades. Não haverá monotonia e cada um poderia ver o que quiser em que veículo puder ver e a qualquer hora. Muita coisa mudou nestes últimos anos e acho que muito ainda haverá de mudar. Gosto disto: Mudanças e avanços.

debora

Arquivo Pessoal da Atriz.

O que faz e gosta de fazer nos momentos de folga?

Gosto de ir ao cinema e ao teatro. Amo ouvir música, ler e correr, ler. E de vez em quando, não faço nada mesmo (risos).

E viajar? Das Viagens pelo Brasil e mundo: onde já foi? Qual lugar preferido? E onde ainda não foi e quer ir?

Amo viajar e sempre que posso viajo. Já fui a China fazer cinema e adorei a experiência. Na Argentina como já disse, morei por 4 anos, devido as gravações de Chiquititas.

Amo a Holanda e na Europa amo Itália, Espanha, Portugal Quero conhecer mais e mais. Amo também Nova York e confesso que do Brasil conheço pouco. E quero muito viajar um pouco no Brasil e conhecer Natal, O Pantanal, Fernando de Noronha e Inhotim.
Quais os projetos e expectativas para o futuro como atriz, mulher e brasileira?

 Queria muito ver o Brasil sair desta situação tão difícil que se encontra. Queria muito um Brasil sustentável, honesto e diversificado. Queria que o futuro fosse mais saudável e menos desigual.  Meus projetos de futuro são estar sempre com lindos personagens para viver, e muita saúde para sempre estar no ar, no palco e no set de filmagem. Amo trabalhar e é isso que quero. E claro: Mais amor, por favor.

Débora,

Agradecemos o carinho e atenção para conosco. Estamos lisonjeados e muito felizes por poder nos respondido e cedido seu tempo para responder essas perguntas. Desejamos muita saúde, amor e felicidades, pois você merece!

Mande lembranças para o Rudd, para a Luciana e Fernanda.

Abraços!

Continuar lendo

Tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,