Arquivos da categoria: Na Estrada

Dicas SICREDI: Como investir e planejar a viagem de férias?

Para a especialista Thalita Guimarães o planejamento é primordial, mas como nem tudo vai para a ponta do lápis, pequenos gastos acabam gerando imprevistos. Outro ponto é escolher o destino, com a razão e não com a emoção.

Segundo estudo “10 Principais Tendências Globais De Consumo 2019”, lançado pelo Euromonitor International, consultoria global de pesquisa e inteligência estratégica de mercado, o turismo está entre as tendências globais de consumo para o ano de 2019. Ou seja,  as viagens fazem parte do novo comportamento do consumidor no mundo. Como explica a gerente de desenvolvimento de negócios do Sicredi, Thalita Guimarães, para que essa tendência também faça parte da sua rotina é preciso planejar. “E vai muito além da passagem e hospedagem.

Na hora de por na ponta do lápis, gastos como alimentação, transporte e até uma reserva mínima para os imprevistos também devem entrar na soma”, ressalta.Para que o planejamento dê certo é preciso ter duas coisas em mente. Você terá que pesquisar muito em primeiro lugar e em segundo, ter consciência do quanto realmente pode gastar, sem fazer dívidas para o futuro. “As férias geralmente são um momento de descontração, aguardado com ansiedade por grande parte das pessoas, mas é preciso tomar cuidado para que isso não se transforme em razão para uma desestruturação financeira ou familiar, mesmo que temporária”, explica Thalita.

A especialista ainda alerta para passos como agendar as férias com antecedência, escolher com consciência os planos e projetos para os dias de descanso, se programar financeiramente para arcar com esses projetos e adquirir o que for possível com antecedência. Dicas essas, que são úteis mesmo para quem opta em não viajar, pois as férias inspiram lazer e esses cuidados podem auxiliar muito a sua saúde financeira pós-férias. 

Por isso atenção. Se você não está com as contas em dia ou tem tido problemas financeiros contínuos, talvez seja hora de adiar os planos de uma viagem de férias. “Se for esse o caso, nem tudo está perdido, também existem muitas opções gratuitas em nossas cidades, como parques, museus e eventos abertos, para que possamos divertir sem ter que viajar e gastar muito”, ressalta. 

Investimento 

A especialista lembra ainda que para quem gosta muito de viajar já existem opções investimentos específicos para esse propósito. Porém, o mais importante é entender o perfil do investidor. “A indicação mais assertiva para a carteira de investimentos sempre estará mais direcionada em quanto risco o investidor está confortável em correr, e logo após, em quanto tempo ele pretende deixar o recurso aplicado.

Para um resgate imediato, vale a pena pensar na poupança – com certeza é uma opção melhor do que deixar o recurso na conta corrente. Conversar com seu gerente é o melhor caminho. Ele poderá auxiliar a entender o seu perfil de investidor e indicar as melhores sugestões”, analisa Thalita. Para Thalita é sim possível economizar e de várias formas. Confira algumas dicas: 


Pesquisar sobre o seu destino de férias pode te ajudar a economizar bastante 
Realizar as suas reservas e compra de passagens com certa antecedência ·  

 Para quem possui cartão de crédito é interessante verificar se é possível trocar os pontos dos programas de fidelidade por passagens, ou se a categoria de cartão disponibiliza assistências gratuitas, no caso das compras realizadas com o cartão. Algumas categorias permitem acesso a salas VIP, seguros viagem e seguro automóveis. Fique atento!

Adequar o seu consumo nas viagens a sua realidade financeira também pode auxiliar muito a diminuir o orçamento total da viagem. Experimente trocar algumas refeições em restaurantes por foodtrucks, visitar as atrações turísticas gratuitas do seu destino, aproveitar para comprar os tickets para as atrações pagas antecipadamente pela internet, entre várias outras opções. ·         

Em Goiás temos ótimos destinos para quem quer se divertir e conhecer lindos lugares gastando menos. Entre os destinos podemos citar Pirenópolis, Caldas Novas, Chapada dos Veadeiros, Araguaia e muitos outros. E para quem quer economizar ficando na cidade, as férias são uma boa opção para encontrar os amigos, a família, andar pelos vários parques da cidade, descansar e até ir aos shoppings, desde que com consciência!

Confira também os posts que já fizemos sobre Caldas e Pirenópolis:

Tags , , ,

V de VIAGEM

No meio de tantas frustrações e peças que a vida nos prega é essencial que tenhamos tempo para nós mesmos: um dia, uma hora, 15 minutos. Não importe o tempo que dure, mas sim que usemos este tempo para refletirmos o quão somos afortunados apesar do estresse do dia a dia.

Que tal usar este tempo e meditar também no que deu errado e o que pode fazer de diferente? O aprendizado vem com os erros, e dizem que a partir de erros passados, podemos fazer melhores escolhas e saber o que é prioridade. E se “Antoine de Saint Exupéry” estiver certo e se o essencial for realmente invisível aos que tal investir no melhor uso do tempo e no que realmente te faz feliz?

Bem, minhas férias chegaram e estou de malas prontas rumo ao litoral de Santa Catarina. E eu espero que além de muita paz e sossego eu possa descobrir novos rumos, novos caminhos e até trazer novos temas para vocês aqui no site.

Minha mala está pronta, vamos rumo a diversão, a paz de espírito e ao crescimento emocional?

A vida é dura, mas neste tempo que estiver por lá, quero concentrar no que é belo, e agora sei que isso vai muito além de paisagens naturais, o que é e pode ser belo, está dentro de mim.

Eu estarei de bem com vida e o tempo vai ser cura. E poderei fazer bom uso dele, mas tb sempre que puder estarei no Instagram, com dicas para vocês. Venha comigo nessa aventura e prepare seu coração, que vai ser demais!

Leia também:

Preparar, apontar: Desacelerar – por Dariane Vale

 

Tags , , , , , , , , , , , , , ,

Viva São Paulo – O MASP é cultura!

Fundado em 1947, por iniciativa de Assis Chateaubriand, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (mais conhecido como MASP) é uma das mais importantes instituições culturais brasileiras. Localizado na cidade de São Paulo, em plena Avenida Paulista, em um edifício famoso pelos quatro enormes pilares vermelhos.

Ao longo de sua história, destacou-se por uma série de iniciativas importantes no campo da museologia e da formação artística, bem como por sua forte atuação didática, possuindo a mais importante e abrangente coleção de arte ocidental da América Latina evidenciando obras relativas a artes italiana e francesa.

Eu e o lindo e famoso Renoir (francês, 1841-1919). Rosa e Azul, 1881.


No primeiro e segundo andar, está exposto o acervo do Masp, que embora seja um museu especializado na história da arte internacional, o acervo do MASP conserva momentos de grande intensidade das artes no Brasil, como Aleijadinho, Pedro Américo, Almeida Júnior, Di Cavalcanti, Flávio de Carvalho, Cândido Portinari, entre outros.

1º andar do MASP – Foto: Eduardo Ortega/Reprodução

2º Andar – Foto: Eduardo Ortega/Reprodução.

Estive em março lá e no subsolo, está a exposição de Agostinho Batista de Freitas. Lindos quadros da Avenida Paulista e Cidade de São Paulo, mas com evidência o MASP. Linda que vale a pena a visita, e foi a parte que mais gostei, vamos aos flashes?

Foto: Blog dos Pernés.

Estádio do Pacaembu por Agostinho.

Avenida Paulista e a linda São Paulo.

A exposição faz parte do “AVENIDA PAULISTA” que também está no primeiro andar, porem com obras de outros artistas.

Masp – masp.art.br

Endereço
Avenida Paulista, 1578 CEP 01310-200 Bela Vista – São Paulo – SP

Horários
Terça a domingo: 10h às 18h (bilheteria aberta até 17h30)
Quinta-feira: 10h às 20h (bilheteria até 19h30)

Ingressos

R$ 30 inteira e R$ 15 Meia

Veja também: 

A acessibilidade da Pinacoteca

Silvio Santos vem aí!

Tags , , , , , , , , ,

Visitando o Museu da Bíblia

Na minha última vez em  São Paulo, tive a oportunidade de visitar o Museu da Bíblia – MuBi.

Independente da religião, achei bem legal a visita e conta com uma variedade muito grande de Bíblias antigas e um pouco sobre sua história. Sendo áreas diferenciadas, por meio das quais é possível fazer um verdadeiro mergulho na história do Livro Sagrado.

 

E possui também: 

O MuBi expõe uma réplica da prensa de Gutenberg, que imprimiu a primeira Bíblia da história, por volta de 1450.
Possui um móvel com 144 traduções bíblicas, Papiros, Pergaminhos, O menor livro do mundo, A Bíblia impressa numa única página, A Bíblia em braile, e etc.

Miniatura da Bíblia

Nome de Jeová na Bíblia de 1902, imprensa em Portugal.

 

A Bíblia a prova D’água.

Biblioteca da Bíblia (entrada não permitida para visitantes):

Contém o acerva de mais de 17 mil Bíblias em diversos idiomas.

Com certeza vale a pena para quem está na região e tenha tempo livre.

Serviço:  Museu da Bíblia

Endereço: Av. Sebastião Davino dos Reis, 672 – Vila Porto – Barueri – SP – CEP: 06414-007

Telefones: (11) 4168-6225 e (11) 4161-6176

Organização: Sociedade Bíblica do Brasil

Funcionamento: De terça a sexta-feira: das 9h às 12h e das 13h às 17h
Sábados, domingos e feriados: das 10h às 16h

Entrada Gratuita

Tags , , , , ,

4 dicas econômicas para suas férias

As próximas férias no Brasil, serão em Junho/ Julho e já está na hora de procurarmos os destinos dos sonhos, pois boa programação somado com meses de antecedência é a chave pra economizar ainda, mais afinal quem aqui não gosta de um desconto?

Estou de férias, e tenho aproveitado opções econômicas, pois só assim minha viagem tornou-se possível e coube no orçamento. Vamos falar de algumas delas?

Para ir e vir: 

  • Uber – A maioria das grandes cidades do Brasil já conhece o serviço, e eu aqui no Blog já contei várias experiências boas e ruins que tive com o serviço. Porém um dos motivos que você por escolhê-lo em detrimento do táxi é o diferencial do motorista seguir determinadas regras de comportamento e direção defensiva por exemplo, e ainda da economia de até 60% se comparando ao táxi comum. Vale muito a pena.

Que tal ganhar R$ 10 GRÁTIS nas duas primeira viagens? Use o código z4njx19aue e garanta seu desconto.

Requisitos para avaliar sua viagem com o Uber

  • Blablacar – Digamos que ela seja um Uber para maiores distâncias, ou seja seria um substituto mais barato para uma viagem terrestre de uma cidade para outra É uma opção mais confortável, mais barata e mais rápida. É só se cadastrar e procurar a viagem que lhe satisfaz. 100% de segurança, E serviço nota 10!
  • Hostel – Mais conhecidos por serem usados por viajantes individuais ou mochileiros, os hostels ou albergues, são hotéis econômicos com quartos com camas beliches  a serem compartilhados com outros viajantes. Normalmente os Hostels oferecem conforto, café da manhã, uma linda decoração e ótimo atendimento.
  • Airbnb – Outra opção de hospedagem, para viajantes individuais, casais e famílias, pois existem opções de quartos com cama, lindas quitinetes e até casa ou apartamento inteiro. Vale a pena.

Falando nisso, cadastre-se através do link e ganhe R$ 100 de desconto na próxima vez que utilizar o serviço: https://www.airbnb.com.br/c/thiagos3591 . 

A partir daí, você ganha R$ 50, cada vez que alguém se cadastrar através de você.

E vocês conhecem ou já utilizaram estes serviços? Como foram suas experiências? Conte pra gente nos comentários ou nas nossas redes sociais. Estamos no Facebook e Instagram. Aproveite e siga nos também.

Leia também:

Dicas: Viagens Econômicas

Tags , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

As novidades do Dream Park – O novo parque aquático de Goiás

Localizado em Hidrolândia, no km 534 Sul, na BR 153, a 30 minutos de Goiânia, o Dream Park promete ser literalmente um refresco para os goianos e brasileiros.

Blog dos Pernés

Imagem: Dream Park/Divulgação

O parque oferecerá áreas com atrações planejadas para faixas de idades específicas, como o complexo infantil para crianças de 2 a 6 anos. “Serão quase seis mil metros quadrados só para este público mirim, a maior estrutura personalizada do país desenvolvida com exclusividade para o Dream Park.

Diversão para todas idades. Imagem: Dream Park/Divulgação

Na área para crianças de 6 a 12 anos, o parque trará o Half Dream, o primeiro escorregador infantil do mundo no formato de asa delta que permite movimentos de sobe e desce para depois entrar por uma pista curva até a descida na piscina.

Para os aventureiros, foi criado um espaço radical com um simulador de surf, slide com boias coletivas e toboáguas. São mais de 11 mil metros quadrados com os brinquedos mais radicais. “Uma piscina com deck molhado, bar aquático e pergolado compõem este espaço e foi idealizada especialmente para os acompanhantes dos aventureiros que querem apenas observar a diversão”,

Imagem: Dream Park/Divulgação

O Dream Park terá ainda uma enseada com piscina de ondas de 3.200 m², praia com 12 mil m² e falésias artificiais. A piscina de boas vindas será aquecida, terá ofurôs e um mini palco para receber pocket shows. O rio lento contará com várias prainhas de acesso, e túnel tematizado.

Para quem optar por mais tranquilidade, o empreendimento contará com um redário envolvido por espelhos d’água e vegetação natural. Outra atração será voltada para quem deseja um ambiente mais privativo: área vip com bangalôs equipados com TV e frigobar, ofurôs particulares, atendimento e serviços exclusivos de gastronomia.

Passaportes Vitalícios e Hereditários: A primeira fase do complexo aquático tem previsão para começar a funcionar em dezembro de 2017. Promocionalmente, os valores dos ingressos variam de R$ 2.374,00 a R$ 3.674,00. Vejamos os planos:

Casal + filhos solteiros até 21 anos + 2 agregados: R$ 3.144,00 sendo entrada de 300,00 e 12 parcelas fixas de R$ 237,00

Casal + filhos solteiros até 21 anos + 3 agregados: R$ 3.409,00 sendo entrada de 325,00 e 12 parcelas fixas de R$ 257,00

Casal + filhos solteiros até 21 anos + 4 agregados: R$ 3.674,00 sendo entrada de 350,00 e 12 parcelas fixas de R$ 277,00

Passaporte Preferencial Vitalício Double: 2 pessoas: R$ 2.374,00 sendo entrada de 250,00 e 12 parcelas fixas de R$ 177,00

Para arrepiar os cabelos, muita adrenalina no Dream Park. Imagem: Dream Park/Divulgação

O parque terá ainda bicicletário, praça de alimentação, mirante, e restaurante com píer sobre o rio lento. A previsão é que, até o final de 2018, o Dream Park esteja totalmente concluído.

Ficha técnica:

Capacidade: 7 mil visitantes por dia e 1,5 milhão de visitantes por ano.

Investimento: R$ 75 milhões.

Estacionamento monitorado: 1390 vagas

Estrutura: Área total estimada de 109.292 m² (Superando o Beach Park de Fortaleza e o vizinho Hot Park, em Rio Quente).

Vagas de Emprego:  Os interessados em trabalhar no Dream Park, devem enviar currículo para o e-mail elenco@dreamparkgo.com.br.

Tags , , , , , , , , , , ,

Jericoacoara: Um Caso de Amor — Por Rafael Lima!

O que posso dizer de Jericoacoara?

  • Jeri é aquela que todos os anos está entre as mais belas do mundo;
  • Jijoca é considerada a “Miss” de todas as praias;
  • Yes, ela é considerada uma das mais lindas;
  •  Eu fui e o que tenho a dizer, é totalmente previsível. Mas também inexplicável!

Vamos comigo nesta aventura?

Começando pela partida a partir de Fortaleza por volta das 4:00h da manhã com belas paisagens que transformaram as janelas do ônibus em verdadeiras molduras diante do externo. Teve aquela paradinha em Paraipaba para um cafezinho com tapioca feitos na hora, que também não podem ser esquecidos. Jeri é um conjunto das maravilhas que vai desde sua partida até sua chegada.

A chegada em Jeri é bem divertida pois há “troca de carros”. A partir daquele ponto somente carros apropriados podem passar. No meu caso fui de Jardineira (Ford f100) com mais ou menos meia dúzia de outros turistas.

Aquele deserto de areia branca e céu azul deixou todos pasmados com tamanha beleza. E dentro de alguns minutos já se pode ver um “pontinho verde”… Ali é Jeri. — Uma vila de pescadores com todas as ruas de areia de praia. Sem iluminação nas ruas e sem cabos elétricos expostos sobre as ruas. (Lá tudo é subterrâneo). E o bom é que você consegue fazer tudo caminhando pela vila.

Ao chegar por volta das 11:00h dá manhã, pude contemplar Jeri, ao caminhar até o mar e “lavar a alma”, em suas águas. Depois de muitas selfies e registros de todos os cantos, a fome bateu e fomos em busca de algum lugar pra comer, e vi que Jeri satisfaz todo tipo de paladar, e atende os mais variados orçamentos.

A noite lá é mágica! Começando pelos “Hippies” de todos o mundo que habitam o lugar, trazem sua cultura e vivem da venda das suas artes. Nas ruas, os lampiões iluminam as ruas e você se sente abraçado pela vila, pelos pescadores, as casinhas, os comerciantes. Todos contribuem para tornar minha estadia maravilhosa e acolhedora. Finalizando com as obras de Jeová, o criador: a lua e as estrelas que enfeitava o céu, no mais típico e lindo show do universo.

No segundo dia o café da manhã foi com muitas frutas e sucos. Acredito que é fundamental me manter leve, porem forte para encarar os passeios e as agradáveis surpresas. E assim como o primeiro dia, fez muito sol e deu muita praia.

No final do dia por indicação, fomos conhecer a “Duna do por do sol”, que foi o mais lindo que vi na vida. E quer saber mais? Um fato interessante é que ele é literalmente aplaudido. — Todos os dias o por do sol é aplaudido pelos moradores e turistas, como forma de gratidão.

Para encerrar a viagem, no terceiro e último dia, alguns passeios como: “Pedra Furada”, “Àrvore da preguiça”, e as lagoas “Azul” e do “Paraíso”, este último sendo o mais almoço mais caro. Mais ou menos R$ 100 para 2. É caro, mas… sabe? É delicioso e recompensador!

E Jeri é isso. Uma energia boa. Aquela paz! E posso dizer: #EuAmoJeri, pois é lá que fiquei longe de tudo que me faz “mal”. E é quando já em casa, lamento profundamente não ter ficado mais, mas aí percebo o quanto foi bom estar vivo, estar ali. — Visite Jeri você também, e #VivaoCeará!

Textos e imagens: Pelo meu respeitado amigo cearense, Rafael Lima (Instagram: @rafael_liam) de Fortaleza/ CE. • Valeu muito irmão, obrigado!

Edição e direitos autorais do texto e de imagem: Rafael Lima/ Blog dos Pernés

Tags , , , , , , , ,

Férias 2016: Morro Branco, Praia da Fonte e Canoa Quebrada/CE

Um lindo pacote (e bem em conta): Saindo de Fortaleza (e voltando), para uma esticada em Canoa Quebrada, Morro Branco e Praia das Fontes. As 3 praias famosas, são um bate e volta indispensável, barato e imperdível.

Os enormes “cataventos” – Energia Eólica e sustentável no Nordeste Brasileiro.

Praia das Fontes/Beberibe-CE: : o cartão-postal da praia das Fontes é o labirinto, um conjunto de falésias coloridas – os tons vermelhos predominam – de onde se retiram areias de colorações variadas. Em meio às formações surgem lagos de água doce, dunas gigantescas e fontes que proporcionam banhos refrescantes. Tome nota: O passeio de Buggy é indispensável, para encontrar as lagoas de água doce, e as grutas, E ahhhh. as bicas d’água.

 

Morro Branco/Beberibe-CE:  Uma beleza rara. A luz forte e duradoura das proximidades da Linha do Equador ressalta o contraste entre o verde do mar e o vermelho das falésias.

O local é conhecido pelas falésias multicoloridas (até 10 tons das cores, amarela, vermelha e branca), O labirinto é formado entre as falésias por erosão eólica e pluvial.

  • Canoa Quebrada/Aracati – CE: é um lugar de magia que surpreende a todos com tanta animação e beleza paradisíaca.

Passeio de Vela ou Jangada, que fiz junto com mais 3 pessoas. Adrenalina com direito a parada para mergulho.

Canoa Quebrada: O abraço e a paz que a gente quer!

 

s2

Sobre o pacote: Comprado no site de cupons Peixe Urbano, no valor de R$ 35 (maio/2016). Incluindo o Transfer de Fortaleza até Morro Branco, Canoa Quebrada, e Praia das Fontes. O passeio é oferecido pela empresa Terra do Sol, no qual super indico. A empresa te busca em seu Hotel ou Pousada, desde que estes sejam com distância de até 10Km do Centro.- Link atual para quem quiser aproveitar agora em 2017..
Obs: O passeio de Buggy (R$ 40) não está incluído no cupom, e deve ser pago diretamente a empresa que faz o serviço, quando em Morro Branco.
Tags , , , , , , ,

Projeto”De Bike” chega a Goiânia

Já faz quase um mês, sim eu sei, mas ainda tá valendo. E a notícia é boa.

É que Prefeitura de Goiânia inaugurou, no mês de dezembro (20/12), na Praça do Sol, no Setor Oeste, o serviço de bicicletas compartilhadas DeBike.

O projeto começou com 15 pontos da área central da cidade, com 150 bicicletas para locação, 10 em cada um dos pontos.

Implantado em parceria com a Unimed, patrocinadora master do projeto, o serviço já começou a funcionar. Segundo o presidente da instituição, Dr. Sizenando da Silva, o DeBike vai de encontro ao interesse da comunidade, um dos princípios que, destaca, norteia o cooperativismo.
Além disso, ressaltou ele, a novidade pode estimular práticas mais saudáveis e contribui para a melhoria da saúde da população. “Esse tipo de parceria tem muito a ver com a Unimed Goiânia, porque nós investimos muito na promoção da saúde e melhoria dos hábitos de vida visando uma saúde melhor para a população”, defendeu ele.

Para o então prefeito Paulo Garcia, o DeBike se insere em uma contexto global de compartilhamento de serviços: “É uma tendência da sociedade atualmente, principalmente da faixa mais jovem da população, de compartilhar os bens e não se apropriar deles definitivamente”. “É um passo na implantação definitiva dos vários modais de mobilidade urbana que existem hoje à nosso dispor”, acrescentou.

Para ele, Goiânia tem o perfil adequado para a implantação do serviço: “Goiânia é uma cidade ideal para o cicloativismo, não tem grandes elevações e desníveis, é de clima agradável. As pessoas às vezes dizem ‘Ah, mas é tão quente’, mas é o contrário”. Na sua opinião, o crescimento da mobilidade por bicicletas é um caminho sem volta. “Hoje o cicloativismo é um passo irreversível que eu tenho a grande satisfação de ter contribuído para que ele evoluísse”, comemorou.

Foto: Bruna Aidar/ Jornal Opção

Ele afirmou ainda que os níveis de depredação do patrimônio dos lugares que receberão as estações é baixo e que acredita que a população abraçará o projeto. “As pessoas se apropriam do serviço como se fosse delas, elas compreendem que esse é um veículo de locomoção importante. Há, normalmente, a degradação dos aparelhos, mas isso está previsto em contrato e há uma substituição”, disse.

Para alugar uma bicicleta pública será preciso ter um smartphone e um cartão de crédito. Em seguida, baixar um aplicativo denominado Gyn Bike (Android) ou Go Bkie (IOS), realizar um cadastro em que deverão ser colocadas informações básicas como: nome completo, RG, CPF, endereço, entre outros detalhes. Sem o smartphone e o cartão de crédito não será possível fazer o cadastro.

Para utilizar o serviço, é possível pagar pela diária (R$ 4), pelo mês (R$ 8), pelo semestre (R$ 35) e pelo ano (R$ 70). O pagamento é feito por cartão de crédito.

A bicicleta pode ser usada por até 60 minutos em dias úteis e por 90 minutos aos domingos e feriados. Depois desse período, é necessário esperar pelo menos 15 minutos para poder voltar a alugar a bike. Se o usuário não a devolver, paga multa de R$ 5.

Veja a lista dos 15 pontos de aluguel de bicicletas:

Paranaíba: Canteiro central da Avenida Goiás, próximo ao Mercado Aberto da Paranaíba, esquina com a Avenida Paranaíba
Bandeirante: Canteiro central da Avenida Goiás, em frente ao Monumento Bandeirante, esquina com a Avenida Anhanguera
Praça Universitária: Estacionamento no anel interno da Praça Universitária, próximo ao Museu da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – esquina com a Avenida Universitária
Praça Cívica: Em frente ao Museu de Arte de Goiânia, esquina com a Avenida Universitária
Buritis: Alameda Buritis, em frente ao Bosque dos Buritis, esquina com a Rua Gercina Borges
Praça Tamandaré: Rua 07, oposto ao Banco Bradesco, esquina com a Avenida Assis Chateaubriand
Lago das Rosas: Avenida Assis Chateaubriand, no canteiro central, oposto ao Posto Ipiranga, esquina com a Rua T-07
Unimed: Rua T-07, na Praça Gilson Alves de Souza, esquina com a Rua T-01
Praça do Sol: Rua R-09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga, esquina com a Rua João de Abreu
Bougainville: Rua 09, em frente ao Shopping Bougainville, esquina com a Rua 36
Marista: Rua 15, oposto ao Centro de Diagnóstico em Radiologia, esquina com a Rua T-55
Areião: Avenida Americano do Brasil, em frente ao Parque Areião, esquina com a Rua 135
Ricardo Paranhos: Canteiro central da Alameda Ricardo Paranhos, oposto ao Restaurante Paim Grill, esquina com a Rua 1128
Vaca Brava: Parque Vaca Brava, na Avenida T-03, oposto à Galeria Pátio do Lago, esquina com a Avenida T-10
T-63: Rotatória da S-01, embaixo do Viaduto João Alves de Queiroz, próximo ao Posto Ale, esquina com a T-63.

“A boa utilização e o cuidado que as pessoas têm tido com o patrimônio público é o que nos permite sonhar em levar a bike para outras partes da cidade. Fazer uma coisa realmente pioneira, como Goiânia sempre fez. Somos uma cidade plana, uma das capitais com maior área verde do País, temos tudo para que isso seja solidificado”, afirmou Sérgio Baiochi, da Unimed.

O diretor lembrou ainda que, para que as bicicletas cheguem a todas as regiões de Goiânia serão necessários mais investimentos da prefeitura, especialmente com a ampliação de ciclovias e ciclofaixas. “Não é possível que as bicicletas sejam um corpo estranho, disputando espaço com os carros nas ruas. Fisicamente, é uma disputa desleal. Mas à medida que as pessoas vão mudando seus hábitos, a demanda cresce e a cultura do pedal vai se tornando uma realidade.”

Pesquisa do grupo Serttel divulgada esta semana mostra que a frequência de uso das bicicletas públicas compartilhadas em Goiânia supera em 50% os índices alcançados em cidades como Buenos Aires, na Argentina, e em cidades dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

E aí, vamos de Bike? Estou louco pra andar, vamos nessa?

Fonte: Jornal Opção e Diário de Goiás

Saiba mais: De Bike

Tags , , , , , , , ,

Férias 2016: O lindo Marco Zero de Recife!

O Marco Zero, na Praça Rio Branco, no Recife Antigo é referência turística da cidade e conhecido como local de fundação da cidade do Recife e também como ponto inicial de contagem das distâncias calculadas a partir da cidade.

Reprodução: Antoniotur.

 

Em volta do marco zero encontra-se, pintada no solo pelo pintor Cícero Dias, a Rosa dos Ventos, inspirada na obra do pintor “Eu vi o mundo. Ele começava no Recife”.

Recife Antigo

Reprodução: Antoniotur.

O lugar é um dos pontos mais importantes na capital Pernambucana, pois é também uma região de forte movimento durante o Carnaval, com a Central do Carnaval. Espaço de apoio aos foliões durante a data festiva que no restante do ano funciona como acervo da memória carnavalesca, com restaurantes e serviços ao turista.

O Marco Zero de Recife. Imagem: Blog dos Pernés

Aproveite também no local o Parque de Esculturas e os edifícios do Centro Cultural da Caixa e da Associação Comercial de Pernambuco, e o Museu Cais do Sertão. Além disso vale a pena visitar o novo Mercado de Artesanato, que traz peças de mestres artesãos e outros artistas reconhecidos de todo o estado.

Thiago Perné Santos, do Marco Zero de Recife para o Brasil. Imagem: Blog dos Pernés

Desde 2000, em homenagem aos “500 anos de Descobrimento do Brasil”, do Marco Zero, olhando para o mar, se vê o Parque das Esculturas: um conjunto de peças de cerâmica produzidas pelo artista plástico Francisco Brennand onde se destaca a Coluna de Cristal. Há um porto no local de onde é possível fazer a travessia de barco para o parque a fim de ver as obras de perto.

Leia também:

Férias 2016 – Recife, do Lixo ao Luxo (e vice e versa)

O melhor combo: “Jalapeño Bacon Burguer” e as “Fritas Trufadas” – The Fifties Recife

Responsabilidade Social: Acessibilidade no Shopping Rio Mar Recife

 

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,