Arquivos da Tag: Perné Indica

Palavras registradas

Amo trazer histórias, e vocês sabem né?

Quem me acompanha por aqui entende a minha necessidade de trazer fatos, acontecimentos e desabafos. Em 9 anos de registrei bastante palavras de dor, de alegria, de fé e esperança.

Trouxe entrevistas, mas não tinha trazido ainda a história de alguém da minha família, e perdi essa, ou quase.

Gabriel, um conhecido, amigo da nossa família entrou na frente e registrou a entrevista da minha tia Joaninha, no qual vou reproduzir na integra por aqui, e quero convida-los a irem lá no site e estar por dentro de novidades do mundo da Libras. Eu amei cada cantinho.

“Joana Perné, de 53 anos, brasileira, goiana, formada em Letras Libras pela UFSC e atualmente professora de Libras no Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento das Pessoas com Surdez, CAS/Goiânia e surda oralizada.

     Joana, você é surda de nascença ou aconteceu algo depois?

  • –  Minha família tem perda auditiva hereditária (avô, pai, irmãos). Nossa perda veio com o passar do tempo. Quando eu tinha mais ou menos 5 anos de idade, minha mãe percebeu que eu não estava ouvindo. Ela me levou ao médico e descobriram que eu perderia a audição à medida que eu fosse ficando mais velha. Eu me lembro de com 12 ou 14 anos de idade falar ao telefone. Então desde pequena aprendi a falar e a fazer leitura labial, graças à incrível ajuda da minha mãe. A ajuda dela foi essencial no meu processo de aprendizagem escolar. Atualmente minha perda auditiva é considerada severa, cerca de 80%.

     Como você aprendeu Libras?

  • –  Depois de um tempo que me tornei Testemunha de Jeová, conheci o trabalho que elas faziam com os surdos. Com o tempo, passei a fazer parte deste grupo e foi lá que aprendi Libras.

     Como você se vê dentro da comunidade surda?

  • –  Como surda oralizada. Aceitei a identidade. Mas isso não foi desde o começo. Aprendi Libras quando já tinha uns 33 anos. Antes eu trabalhava como empregada doméstica, mas essa foi uma fase muito difícil por que não conseguia me comunicar direito com os meus patrões. Por não ouvir, eu fazia muito barulho ao limpar a casa, e isso os incomodava. Também não conseguia ouvir a campainha tocando ou o choro das crianças. Depois de um tempo, eu passei em um concurso como professora mas como não conseguia ouvir os alunos, o grupo gestor me colocou na Biblioteca. Eles eram gentis e amigáveis comigo, mas ainda assim era muito difícil o trabalho. O grande problema era a comunicação. Depois de um tempo, fiquei sabendo de uma escola especial que tinha alunos surdos e que precisava de uma professora. Embora resisti no começo, encarei o desafio e, ao mesmo tempo que lecionava, também aprendia Libras.

     Como é sua comunicação na família, no trabalho e no seu cotidiano?

  • –  Na minha família, nos comunicamos a maior parte do tempo através de leitura labial. Mas é claro que com meus familiares que sabem Libras ou os que são surdos, usamos os sinais. Visto que sou professora de Libras, no trabalho sempre uso a língua de sinais, e no meu cotidiano, na maioria das vezes, utilizo a Libras também.

     Tem algo que você deseja para o futuro da Libras e para o futuro dos surdos?

  • –  Posso dizer que hoje a língua de sinais é muito importante para mim. Meus familiares e meus amigos que sabem Libras me ajudaram muito no meu dia a dia. Por isso, desejo que a Libras seja reconhecida como língua pela sociedade, que todos os surdos possam desenvolver a comunicação através da Língua Brasileira de Sinais (L1) e que seus familiares também aprendam a Língua de Sinais.”

O site é o Libraria. Vamos conhecer?

Tags , , , , , ,

Friends chega no Tema Café & Bistrô em Goiânia

Remetendo os visitantes ao famoso Central Perk, que servia como ponto de encontro de Rachel, Chandler, Monica, Phoebe, Joey e Ross (personagens do seriado) de Friends, o novo estabelecimento que abriu suas portas no dia 27 de maio no Metropolitan Mall, polo gastronômico e de serviços localizado em Jardim Goiás, aqui em Goiânia.

Nomeado de Tema Café & Bistrô, a instalação possui a dinâmica de mudar de tema ao decorrer dos meses, tendo escolhido juntamente com o público para a sua inauguração a sitcom americana de sucesso que se passa em Nova York. Fui convidado para a pré inauguração e é com muita alegria e muita honra que venho hoje contar o que achei de lá.

Um sofá inspirado no famoso sofá do Central Perk com uma linda mesa de centro, o Peru de Ação de Graças e lindo Hugsy (pinguim do Joey), bem como o grande cachorro decorativo do Joey, emolduram o lugar com muita paixão. Há ainda quadros feitos pela artista Mikelly Priscila que deixam o espaço ainda mais bonito.

Clique aqui para conhecer os trabalhos dela.

A Imaginarium Goiânia também participa da decoração do espaço com seus produtos da coleção Friends: Além do Peru (que é um massageador), Xícaras com os nomes de cada um dos personagens, Carregadores para Celulares no formato da porta roxa do apartamento da Monica também fazem parte dos itens disponíveis para o uso dos visitantes da coleção autorizada da marca.

Clique aqui para falar com a equipe da Imaginarium Goiânia e conhecer a coleção Friends.

Além de muito amor aos detalhes na decoração do espaço, o Tema Café tem um cardápio variado e muito bem montado pela Chef Elaine Moura (Pop Corn Gourmet). Impossível não sair satisfeito de lá depois de degustar Ceviches, Tortas, saladas, Bolos, Sanduíches, Cookies, Brownies, Donuts e ainda mais diversos drinques e shakes. Eu realmente fiquei encantado e muito feliz de estar presenciando um local preparado com tanto carinho para homenagear a minha série favorita.

Conheça o perfil e trabalhos da Chef Elaine. É só clicar aqui.

Ainda assim, apesar do pandemia, percebi o grande cuidado com a limpeza do local e o uso de mascaras por toda equipe, e indico com carinho a todos que queiram sair da rotina e conhecer um local feito com muito zelo para os Goianos, independente se você é fã da série ou não.

Obrigado pelo convite e por tanto carinho por mim e outros fãs. Café tema chegou para ficar, e já posso dizer aquela frase clichê: que é mais que um local para ir com amigos, é para ir com os Friends.

Serviço: Café tema & bistrô

R. 65, N° 71Metropolitam Mall Loja 05 Jardim Goiás, Goiânia – GO,

Clique aqui para saber mais. https://tema-cafe-e-bistro.negocio.site/

Siga o Instagram do Café Temahttps://www.instagram.com/temacafebistro/?hl=pt.

Aberto de Segunda a Sábado, das 10 as 22:00.

Oportunidades de melhorias, claro que tenho, e gostaria de focar em apenas um: o Atendimento da equipe nas mesas lento.
Tags , , , , , , , ,

Férias 2017 – O projeto Tampart e a Usina do Gasômetro de Porto Alegre

Um dos pontos altos da minha breve passagem em Porto Alegre foi conhecer o projeto Tampart e a Usina do Gasômetro. São 130 mil tampinhas de plástico oriundas de garrafas PET e outros produtos, que formaram uma incrível e linda obra de arte.

De acordo com o site sul21, segundo seu idealizador, o artista visual Ubiratan Fernandes, 57 anos, o objetivo da instalação é chamar a atenção para a degradação e o acúmulo de lixo nos oceanos. “O projeto nasceu por causa da minha preocupação com a degradação dos oceanos”, disse. Ele conta que o primeiro projeto que desenvolveu com essa temática foi em 2011, na praia de Punta del Este, Uruguai. “Lá tinha uma árvore que decorei com o lixo encontrado na praia”, diz, acrescentando que realizou esse trabalho no país vizinho por três anos consecutivos.

Estive lá e aproveitei, pena que perdi algumas fotos, mas segue outras:

Lindo né? Eu amei, e quero voltar para tirar novas fotos.

Todas as tampinhas foram furados e aparafusadas uma a uma. Foto: Reprodução: Guilherme Santos/Sul21

Sobre o Centro Cultural Usina do Gasômetro:

O Centro Cultural Usina do Gasômetro é um dos espaços culturais mais importantes e conhecidos de Porto Alegre. Funciona na antiga usina termelétrica do Gasômetro, inaugurada no dia 15 de novembro 1928, na chamada Praia do Arsenal, projetada para gerar energia à base de carvão mineral. Sua importância histórica é inegável, pois foi palco da industrialização no Brasil.

O complexo arquitetônico recebeu esta denominação devido à proximidade com a antiga Usina de Gás de Hidrogênio Carbonado que fornecia gás destinado à iluminação pública e abastecimento de fogões, construída em 1874, e que dava nome à região, que era conhecida como “a volta do Gasômetro”.

Em 1974 a Usina encerra suas operações como geradora de energia e é desativada. Em 1982 a Eletrobrás transfere para o município o uso do terreno. Neste mesmo ano, o governo estadual tomba a chaminé e, em 1983, o governo municipal tomba o prédio. Foi aberto à população como Centro Cultural no ano de 1991. Os 18 mil metros quadrados de área abrigam auditórios, salas multiuso, anfiteatros, espaços para exposições, cinema e teatro.

Leia também:

Férias 2017 – O surpreendente Cânion Itaimbezinho

Férias 2017 – O Fantástico “Mini Mundo” de Gramados

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – O surpreendente Cânion Itaimbezinho

Pense estar em Gramados/RS, com aquele friozinho gostoso, ruas lindas e limpas. Chocolates e mais Chocolates, sabe o que tá faltando? Chegar até Cambará do Sul/RS e conhecer os cânions que já foram cenários de fundo para inúmeras novelas globais, com vistas de tirar o fôlego e beleza de sobra.

Pra quem não sabe, os cânions  são encostas, desfiladeiros, quebradas ou gargantas (em inglês, cânion),  e estão situados no Parque Nacional dos Aparados da Serra, na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Brasil. Sendo que a parte superior do planalto está localizada no estado do Rio Grande do Sul, sendo que as bordas do cânion são a divisa com o estado Santa Catarina.

No nosso caso, que sempre tínhamos vontade de ir compramos o cupom comprado no site  Tchê ofertas. 

E o ônibus nos pegou pela manhã em Canela, onde estávamos hospedados. E apesar de atrasar um pouco não tivemos problemas com a empresa. Alguns sites contam que quando na entrada do parque devem pagar a entrada, mas nós não pagamos e não sei o motivo. Chegando lá, hora de começar a longa caminhada de 3 km até o Cânion. Bem vindo ao Cânion Itaimbezinho.

Haja pernas, mas o caminho é lindo e dá para ir tranquilo, e ir tirando fotos até perder o fôlego e chegar no cenário mais que perfeito do mundo.

Para voltar mais 3 km, e bem cansados e famintos, no cupom além do passeio incluía um piquenique com lanches e frutas. Sorte a nossa! Já no fim da tarde embarcamos de volta no ônibus e fomos deixados na porta do hotel.

Como chegar: Está localizado na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul, na divisa com o extremo sul do estado de Santa Catarina, o acesso ao parque dá-se tanto através da rodovia RS-020 como da rodovia BR-101, passando por Praia Grande (SC) via serra do Faxinal. 

As cidades mais próximas à unidade são Cambará do Sul e Praia Grande. Cambara do Sul fica a cerca de 190 km de distância da capital gaúcha, Porto Alegre, enquanto Praia Grande está a 294 km da capital catarinense, Florianópolis. A entrada no parque é feita nos Postos de Informações e Controle, que ficam em Praia Grande e Cambará do Sul.

Fauna, Flora e Clima: A área do parque engloba uma região na qual estão presentes os biomas da mata atlântica, das florestas de araucária e do pampa gaúcho, com campos e penhascos. O parque protege diversas espécies animais, como papagaios-de-peito-roxo (Amazona vinacea), lobos-guará (Chrysocyon brachyurus), jaguatiricas (Leopardus pardalis), guaxinims (Procyon lotor) e até mesmo do leão-baio (Felis concolor).

O clima é temperado, com temperatura média anual de 16°C, sendo que o mês mais quente é janeiro e os mais frios são junho e julho.

Veja também:

Férias 2017 – Canela/RS: Foto à Moda Antiga

 

Tags , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – O Fantástico “Mini Mundo” de Gramados

Em Gramado (RS), há um parque que faz parte de um seleto grupo de atrações turísticas mundiais que apresentam magnificas réplicas de construções em escala única de 1:24 ( tudo 24 vezes menor que o original), ambientadas ao ar livre em um lindo jardim. Claro que estou falando do “Mini Mundo”, e eu estive lá e trouxe imagens e curiosidades para vocês.

As miniaturas são reproduções de obras arquitetônicas reais, exibidas em cenários que formam uma cidade cidade inteira, de brinquedo, ao ar livre. Brinquedos de adultos fabricados de forma artesanal, seguindo com fidelidade os projetos correspondentes

Aproveitei e tirei foto ainda com os ursos Gui e Ana. Lindos!

Outras curiosidades:

Reprodução/ Site Mini Mundo

O parque conta, ainda, com área de alimentação (caro), parque infantil, espaço para redação e remessa de correspondência, e local para aquisição de presentes e lembranças do Mini Mundo e de Gramado (super faturado).

Para saber mais:

Ingresso (Julho 2017): R$ 36 inteira/R$ 18 meia (inclusive para surdos)

O Mini Mundo recebe seus visitantes das 10h às 17h, todos os dias da semana, e está localizado na Rua Horácio Cardoso, 291 – Gramado/RS

Contato: Fone: (54) 3286.4055/ E-mail: minimundo@minimundo.com.br ou www.minimundo.com.br

Veja também:

Férias 2017 – Canela/RS: Foto à Moda Antiga

 

Tags , , , , , , , , , , , , , , , ,

Das Séries que Amamos: “Atypical”

Como curar um coração partido? Pessoas com Deficiência ou para ser mais especifico , autistas conseguem se apaixonar? Será que podem levar uma vida “normal”? O que é ser normal?

Essas e outras perguntas são respondidas na última estréia da Netflix, Atypical. A série sobre Transtorno do Espectro Autista (TEA), cujo principal sintoma é a dificuldade de comunicação e interação e joga luz sobre o preconceito abordando o assunto com humor e leveza. 

Keir Gilchrist, é o protagonista da série e dá vida ao inteligente, confuso e engraçado Sam.

Com uma pitada de drama e bom humor, a série mostra Sam (Keir Gilchrist) nos seus 18 anos e suas inúmeras tentativas de se redescobrir, de buscar independência,  amor e compreensão e ainda transpor as várias dificuldades do autismo.

Vivendo com seus pais e irmã e namorando pela primeira vez, ele nos mostra que nunca é tarde para começar viver a vida.

Sua sede de conhecimento não passa despercebida, já que ele é fã os animais, especialmente de pinguins e do mundo gelado da Antártida. 

E o que temos pra aprender com ele vai muito além do mundo animal. Eu mesmo tinha uma ideia pré concebida de que autistas não levavam uma vida “normal” e que nem eram capazes de conversar normalmente por exemplo. Também não sabia da grande dificuldade dos mesmos em relação a barulho. Uma coisa é certa, ele tem muito a nos ensinar. Sam , acima de tudo é ingenuo, é sincero e é verdadeiro.

“Atypical” é uma série que recomendo e viciei. Tanto é que assisti os 8 episódios já lançados em menos de 24 horas. Ainda que falte um longo caminho para uma representação fiel da vida de um autista vale a pena ser assistida.

Criada por Robia Rashid, tem no elenco Keir Gilchrist, Jennifer Jason Leigh, Michael Rapaport e Brigette Lundy-Paine.

Veja também: 

Das Séries que Amamos: “Anne com E”

 

Tags , , , , , , , , , , ,

Férias 2017 – Canela/RS: Foto à Moda Antiga

Já conhece a Foto à moda Antiga?

Então, estive em Gramado e Canela neste mês de Julho 2017, e eu e minha mãe tivemos a oportunidade de fazer umas fotos temáticas com o fotografo Mario Bertolucci. Vamos ao resultado?

Além de super competente e simpático, o serviço do Mário é eficiente e a entrega é garantida. Ele também foi super paciente conosco, uma vez que não escutamos direito, e explicou várias vezes. Eu e minha mãe amamos, e indicamos.

Quem for ao Sul, aproveitar as belezas de Gramado em Canela, devem aproveitar.

_______________________________________________________________________________________________________________________________Serviço: Foto à moda Antiga por Mário Bertolucci

Apenas: R$ 20 por tema – Todos os dias, das 09:00 as 19:00.

http://fotoamodaantiga.blogspot.com.br/

Próximo ao Museu da Moda e o Mundo a Vapor – Canela/ RS, Brazil

Contato: Tel: (54) 999572427 – mariobertolucci@gmail.com

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Testamos o Beblue – e funciona!

Já ouviu falar do Beblue? O Beblue é um aplicativo que traz parte do seu dinheiro de volta a cada compra realizada, ou seja não é programa de pontos, nem clube de vantagens. Para participar basta, fazer o seu cadastro e download do app por esse link e nós ganhamos R$5 cada. Depois é só você comprar algo de R$20 ou mais, com seu cartão, usando o app nos diversos estabelecimentos espalhados por todo país.

Ontem eu usei o aplicativo pela primeira vez e pude ver não é papo furado, funciona mesmo. Fui o América Wings, que conheci através do aplicativo e amei.

Ontem o valor de retorno era de 40%, ou seja eu recebi em saldo o valor de 40% do que foi consumido e gasto lá. Saldo que caiu na hora e está disponível para consulta no aplicativo.

Beblue: 

Vantagens: Parte do valor gasto retorna. Pode ser 2%, mas há estabelecimentos com até 50% do valor gasto a ser devolvido. Postos, Lojas, Restaurantes e etc.

No aplicativo há disponível um Chat, no qual você pode tirar suas dúvidas em tempo real. A equipe é super solicita e não há espera para ser atendido.

Ao fazer seu cadastro e download do app por esse link e nós ganhamos R$5 cada,  desde que a primeira compra seja no valor de R$ 20.

Oportunidade de Melhorias: A conta deve ser paga com cartão  Visa/ Master, podendo ser débito ou crédito. A bandeira Elo não está disponível. Também não aceitam pagamento em dinheiro, e acho que deveriam expandir essas formas de pagamento.

Ainda não está disponível em muitas cidades, mas parece-me que já estão expandido o uso para todo Brasil.

Veja também: 

Dicas de Lazer em Goiânia – para crianças e adultos!

 

Tags , , , , , , ,

A acessibilidade da Pinacoteca

  1. Já conhecem a Pinacoteca de São Paulo?

Trata-se de um Museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Fundada em 1905 pelo Governo do Estado de São Paulo é o museu de arte mais antigo da cidade. E é um prédio conservadíssimo e lindo por fora. Além de ser recheado de obras maravilhosas pode dentro.

Sobre o acervo original da Pinacotec, ele foi formado com a transferência de 20 obras do Museu Paulista da Universidade de São Paulo de importantes artistas da cidade. Com o passar dos anos formou um significativo acervo, com quase 10 mil obras.

Já fui lá duas vezes e quero voltar mais. Pois estou sempre descobrindo e conhecendo obras que não tinha visto. Alem disso, há o espaço para as exposições por temporada. De modo que sempre terá algo novo para ver.

Pina para Todos

Em outro post quero contar mais sobre algumas obras. Hoje quero enfatizar na parte educacional e inclusiva do Museu.

Então, eles tem o Programa Educativo para Públicos Especiais (PEPE). A Pinacoteca busca promover o acesso de grupos de pessoas com deficiências sensoriais, físicas, intelectuais e transtornos mentais à Pinacoteca, por meio de uma série de abordagens e recursos multissensoriais.

As visitas educativas são realizadas por educadores especializados, inclusive em Libras – Língua Brasileira de Sinais, por uma educadora surda.

O PEPE também realiza cursos de formação para profissionais interessados em usar a arte e o patrimônio como recursos inclusivos e desenvolve publicações para o público deficiente visual e auditivo.

Para garantir a autonomia de visitação ao público com deficiência visual, foi desenvolvida a Galeria Tátil de Esculturas Brasileiras e um vídeo guia para o público surdo.

Se uma obra conter esses símbolos, oba é inclusivo. Ou seja há informações em língua de sinais em vídeo para os surdos, e em áudio para os cegos ou para quem quiser ouvir.

Saiba mais sobre o PEPE.

Veja também:

Silvio Santos vem aí!

 

Tags , , , , , , , , , , ,