Arquivos da categoria: Diva do dia

Diva do Dia: A grande mulher – Luz del Fuego

Luz del Fuego, símbolo do femininismo, destacou-se por ser uma mulher muito à frente de seu tempo. Despida de preconceitos, a escritora, atriz e dançarina prezava a liberdade de expressão, pregava a volta à natureza, e foi a responsável por trazer ao Brasil movimentos que não existiam à época, como o naturismo. E ela realmente causava furor por onde passava. 

Nascida no Espírito Santo, a geniosa mulher, não aceitava ordens nem opiniões sobre sua vida. Abominava o uso do sutiã. Desfilava pela praia de calcinha e bustiê improvisado com lenços, quando o biquíni ainda estava longe de constar do vocabulário nacional. Do Rio de Janeiro, onde foi morar depois da morte de seu pai, passou a ser conhecida em todo o país, por seus shows seminuas com serpentes. Não é atoa que Luz del Fuego foi homenageada em música pela cantora Rita Lee, como uma “mulher que não tinha medo”.

Após anos de censura e escândalos, ela mudou-se para a “Ilha do Sol” na ainda paradisíaca Baía de Guanabara e passou a vier de suas reservas financeiras que com o tempo foram terminando, e o então mito começara a desaparecer. Mas ela sempre arrematava aos que procuravam ajuda-la: “Não se preocupem, eu sou uma “Luz que não se apaga”.

Mas infelizmente em 19 de Julho de 1967, a Luz se apagou, pois fora assassinada pelos irmãos Alfredo Teixeira Dias e Mozart Dias, que armaram uma emboscada, já que as ações criminosas de Mozart haviam sido apontadas à polícia por Luz e ele queria se vingar. O crime só foi desvendado duas semanas depois, quando Alfredo foi preso e confessou a participação nas mortes. Os corpos foram resgatados no dia primeiro de agosto. Já Mozart escapou de forma espetacular, mas depois de 15 dias foi preso e condenado a pena máxima. que foi cumprida no manicômio judiciário do Rio de Janeiro.

Das “Musas que fizeram a história do Rio”, Luz virou filme, onde foi vivida pela atriz Lucélia Santos. Ela também apareceu em exposições — que narravam a trajetória das mulheres “heroínas do século XX”.  Também já foi mencionada como uma das mulheres históricas do Brasil por “erguer a bandeira do naturismo e zelar pela causa feminina até à sua morte”. Também foi lembrada como uma das representantes do empoderamento feminino.

E já dizia Rita Lee “hoje ela represento a loucura”. Mas não apenas isso, ela também é o símbolo coragem feminina ao enfrentar os espaços tradicionalmente reservados aos homens”. Dora Vivacqua, seu nome de batismo, se afirmava pela diferença, e nunca obedeceu a nenhum padrão, lutava por suas convicções, tanto é que tudo isso apenas fez dela Luz Del Fuego, nome artístico que foi a sua marca e manchete de revistas e jornais de todo o mundo. Luz Del Fuego buscou a sua própria verdade, e com sua beleza e curvas incitou a fantasia e a curiosidade de uma geração de brasileiros.

Leia também sobre nossas outras divas:

Diva do Dia: Rita Lee

Diva do dia: Evita Peron

Diva do dia: As Cores de Frida Kahlo

 

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Diva do Dia: Rita Lee

Quem é ela?

  • Dos recordistas de vendas discos no Brasil, ela está atrás apenas de Tonico e Tinoco, Roberto Carlos e Nelson Gonçalves. Ela já vendeu mais de 55 milhões de discos;
  • A fã número 1 de James Dean, de Carmem Miranda e Elvis Presley;

    Revista Rolling Stones

  • Uma das mulheres mais influentes do Brasil;
  • A mulher de Roberto de Carvalho;
  • A grande paixão de Tim Maia;
  • A Doce Pimenta de Elis Regina;
  • Ela fala além do português, inglês, francês, espanhol e italiano;
  • A mais completa tradução de Caetano Veloso;
  • A Inspiração da Mel Lisboa;
  • Vegetariana e Defensora dos Animais;
  • Ela foi presa grávida;
  • 3 filhos e 1 neta;
  • Perseguida pelos caretas da censura,
  • Tomou “todas as coisas imagináveis”;
  • Ela é a Ovelha Negra da família. Quem é ela?

Ela é Rita Lee Jones Carvalho, ou simplesmente Rita Lee.

Fotos: Arquivo Pessoal da Cantora Reprodução: QUEM

Entre a música e as drogas, e idas e vindas a hospícios, entre a euforia e a depressão, entre perdas e ganhos com 54 anos de carreira, e de 69 de idade, ela simplesmente já fez de tudo: Já apresentou programas de TV e rádio, já fez filmes e participou de novelas, além disso ela também já escreveu 6 livros. O último dele inclusive – Rita Lee, uma autobiografia, que com menos de um mês nas livrarias está entre as mais vendidas de 2016, sendo considerada uma das melhores e que já ganhou 2 prêmios APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte.

Sempre clássica e irreverente ela cantou o futuro (3001, Alô, alô Marciano), o amor e o sexo (Mutante, Mania de Você, Lança Perfume, Banho de Espuma, Chega Mais, Amor e Sexo, Bwana), a menstruação (Cor de Rosa Choque), a menopausa (MenoPower), o cotidiano (Agora só falta Você, Coisas da Vida, Ando Meio Desligado, Minha Vida), as drogas (On The Rock, Obrigado, Não), a Dança (Dançar pra não Dançar, Baila Comigo, Caso Sério), a família (Ovelha Negra), e a autenticidade e feminilidade de toda mulher (Todas as Mulheres do Mundo, Pagu, Miss Brasil 2000, Erva Venenosa, Lady Babel, Elvira Pagã).

 

Meus CDs preferidos: A Marca da Zorra – Ao Vivo e 3001.

Sozinha ou em grupo, Rita Lee compôs, tocou e lançou mais de 400 músicas em 35 discos e DVDs. Músicas que nas quais embalam trilhas de novelas e influenciam pessoas de todas gerações. De tantas suas preferidas, são: Mania de Você’, ‘Orra Meu’, ‘Lança Perfume’, ‘Doce Vampiro’, ‘Caso Sério’, ‘Coisas da Vida’, ‘Obrigado Não’, ‘Flagra’.

 

Rita e Roberto atualmente, 2016. Foto: Reprodução.

Pensando em tantos sucessos, fiz essa homenagem para nossa diva, mencionando muitas músicas que ela gravou (identificadas por “aspas”). Se um dia chegar até ela, espero que goste:

Para Rita, – “A Fulana”, “A Minha Menina”, a “Dona Doida”.

Sei que “Anda meio Desligada”, afinal faz são 54 anos de sucesso, e sei que faz parte, afinal são “Coisas das Vida”. Sei também que as vezes você até fala de um “Tal de Roque Enrow” e pede um “Beijo Exagerado”, para um “Doce Vampiro”. Mas ama mesmo é o Roberto.

“Desculpe o Auê”, eu sei que “Hoje É o Primeiro Dia do Resto da Sua Vida”, até porque você com “Lança Perfume” se tornou a “Ovelha Negra” da família. Na verdade não importa se você está na Avenida “Atlântida, ou se está “Aqui, ali em qualquer Lugar”, por que não “Chega mais” para tomar um “Banho de Espuma” ou apenas um “Banho de Lua” e nos contar um “Caso Sério”?

“Bem Vinda”! Não sei se soube mas em “2001”, alguém “Arrombou a Festa” da “Miss Brasil 2000”, que tinha a maior “Gororoba” com “Feijões” e onde “Todas as Mulheres do Mundo” estavam presentes, inclusive a “Pagu”, a “Elvira Pagã, “Luz del Fuego”, e a “Chiquita Bacana”. 

A “Marca da Zorra”, vai ser no “Domingo no Parque”, bem no centro do “Jardins da Babilônia”. Fala pra Roberto “Deixar de Bobagem”, e vir junto e veja se o “Papai não te empresta o carro”, se não, se prepare e venha de “Loco-Motivas”, e não esqueça de conferir a sua poltrona para não ter aquele “Troca-Troca”, e ninguém dar uma de “Vítima”. Sente-se, fique à vontade, que a “Modinha” agora não é ser “Nem Luxo, nem Lixo, é ser “O que você quer”. Pois sabemos que “Dias melhores virão”.

“Uma Loucura” sim, mas “Calma” aí, que vai ter “On The Rocks, é claro. “Orra Meu”! E prepare para tirar os sapatos, pois “Agora só falta você, para “Bailar Comigo”, nem que seja pra “Dançar pra não Dançar”. E se aalguém chegar vai ser o maior “Flagra”!

Adeus, Maria Fulô!

De seu “Baby”, de seu “Bandido Corazon”.

by

Thiago Perné Santos – Blog dos Pernés

02/01/2017

_______________________________________________________

 

Também no Blog: Musical – Rita Lee mora ao Lado

Artigos, Colunas e Reportagens Interessantes:

Tags , , , , , , , , , , , , , , , ,

Diva do dia: Evita Peron

800px-Eva_Perón_vestida_lujosamenteMaría Eva Duarte de Perón, conhecida como apenas Eva ou Evita, foi uma atriz e líder política argentina. Tornou-se primeira-dama da Argentina quando seu marido, Juan Domingo Perón foi eleito presidente.

Além de extrema beleza e muito talento, ela era bem corajosa e podemos dizer que para muitos, foi a única voz retumbante no coração do povo pobre e trabalhador da Argentina; foi, para os miseráveis, a única referência confiável e capaz de unir, com um simples gesto todas as vontades em uma só, todas as vozes em uma só, a voz do povo explorado pela classe rica e insensível às suas necessidades mais elementares.

Para esses, este milagre, só Evita conseguiu operar.

Eva_Peron_Saluda_A_Su_Pueblo

O mais impressionante na história da vida de Eva foi o caminho que ela percorreu na vida pública. Entre o anonimato ao mais absoluto resplendor pessoal e político da vida e em seguida a morte, tudo ocorreu em apenas 7 anos.03f30516b051d5ef5824f75a5011ef70

Além de estar sempre linda e elegante como primeira dama, tornou-se uma das mulheres mais importantes e poderosas do mundo e da história da Argentina.

Eva&Juan

Na breve existência (morreu aos 33 anos de idade) há muitos mistérios, mas também uma personalidade marcante. Tanto é que influenciou gerações.

No cinema: A cantora Madonna, viveu Evita no cinema e recebeu vários prêmios por ter vivido uma personagem da história tão memorável.

Madonna_Evita2

Madonna viveu Evita em Musical aclamado pela crítica especializado, levando vários prêmios

Curiosidades sobre o filme:

  • Madonna obteve o papel principal depois de escrever uma carta ao diretor Alan Parker onde o convencia de que ela era perfeita para o papel de Evita.
  • Madonna troca de roupa 85 vezes no decorrer do filme, mais do que Elizabeth Taylor em Cleópatra. Madonna usou 39 chapéus, 45 pares de sapatos e 56 pares de brincos.
  • Cher, Meryl Streep e Maria Conchita Alonso foram consideradas para o papel de Eva.
  • Michelle Pfeiffer também foi considerada para o papel de Eva Perón quando o filme estava para ser dirigido por Oliver Stone. Ela inclusive treinou durante alguns meses a voz para o papel.
  • O filme causou uma enorme polêmica na Argentina, pois muitos consideravam uma ofensa à memória de Eva Perón

Prêmios e Indicações: 

Oscar 1997 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor canção originalYou Must Love Me
  • Indicado nas categorias de melhor direção de arte, melhor fotografia, melhor edição/montagem e melhor som.

BAFTA 1997 (Reino Unido)

  • Indicado ao prêmio Anthony Asquith Award para música original de filme.
  • Indicado nas categorias de melhor fotografia, melhor figurino, melhor edição/montagem, melhor maquiagem, melhor roteiro adaptado, melhor som e melhor produção de arte.

Globo de Ouro 1997 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor filme – comédia / musical, melhor canção original – cinema (You Must Love Me) e melhor atuação de atriz em cinema – comédia / musical (Madonna).
  • Indicado nas categorias de melhor diretor, melhor atuação de ator em cinema – comédia / musical (Antonio Banderas).

MTV Movie Awards 1997 (EUA)

  • Indicado nas categorias de melhor atuação feminina (Madonna) e melhor canção de filme (Don’t Cry For Me Argentina).

Na moda: 

Evita era vaidosa, e sempre estava impecável, dos vestidos de gala, das jóias, dos penteados, os chapéis, nos momentos que acompanhava o marido em reuniões políticas, e quando visitava crianças na fundação que levava seu nome. Não importa a ocasião, ela sempre estava divinamente bem vestida e penteada.

935383ce83f174d8f0030128bc69b4c8

2118 Mme Eva Peron en visite a Paris a l occasion de la signature du traite commercial Franco argentin en 1947 Credit : Rue des Archives/AGIP 18, rue Le Bua 75020 Paris France

508367

img-511689-evita-peron20130517101368796309

MTE5NDg0MDU1MDk4MTk3NTE5

Das roupas e acessórios preservados, muitos estão expostos no Museu Evita em Buenos Aires e/ ou em exposições itinerantes pelo mundo.

images (1)

 

Muestra-H.L-Eva-Peron

E ainda falando em Evita e a moda, haja inspiração para estilistas. como por exemplo do estilista argentino Jorge Ibanez que montou um desfile cheio de classe em Buenos Aires.

1221387h360

evita-peron-moda-jorge-ibanez-2010-02g

evita-peron-moda-jorge-ibanez-2010-03g

 

evita-peron-moda-jorge-ibanez-2010-06g

Não é o máximo? Viva Evita!

Leia mais:

Leia também sobre as nossas outras Divas: Grace Kelly, Betty Lago, Carmem Miranda e Frida Khalo.

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Diva do dia: As Cores de Frida Kahlo

frida_05-540sMulher guerreira de personalidade forte e única, Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón ou apenas como mais conhecida Frida Kahlo, nasceu na Cidade do México, e desde pequena não se deixava influenciar pela moda, artes e tabus impostos pela sociedade em sua época.

Em suas pinturas ela retratava sua triste e sofrida realidade que pode ser resumida em doenças, acidentes, invalidez e traições. Mas apesar de todo sofrimento ela conseguiu com que tudo isso fosse transformado em arte e beleza, tornando-se assim uma inspiração para moda não apenas para o México mas também para o mundo todo.

Impossível alguém nunca ter visto por aí  um quadro ou retrato da mulher de sobrancelhas grossas e bigode. Sua vestimenta com tecidos coloridos e rendas vindos da china eram criados por ela mesma.

As Cores e as flores de Frida

Saias longas e floridas que escondiam a atrofia de suas pernas e túnicas artesanais feitas de tela. Vestidos que esbanjavam feminilidade e representavam a cultura de seu país.New-York-circa-1946.-Photo-by-Nickolas-Muray.-600x815

Usava xales para se solidarizar com o trabalhadores de sua terra, jóias extravagantes de jade e ônix e penteados ornamentados com laços e flores naturais que colhia em seu jardim.

273C0D6D00000578-3024627-image-m-2_1428077850928

Além disso Frida abusava de esmaltes e batons vermelhos e amava perfumes franceses.

frida-and-eagle

Frida nas telonas

Em 2012, Frida foi protagonizada por Salma Hayek em sua cinebiografia.

Frida (1)

OSCAR
Com grande sucesso, o filme recebeu muitas indicações aos principais prêmios do cinema mundial como Oscar, onde recebeu indicações em 7 categorias (Melhor Atriz – Salma Hayek, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Canção Original – “Burn It Blue”), vencendo 2 (Melhor Maquiagem, Melhor Trilha Sonora). Além disso, também foi indicado e venceu categorias no Bafta e Globo de Ouro.
Frida1

Frida e a moda

Que Frida ainda dita e inspira a moda é indiscutível.  Para terem uma ideia ela foi capa da revista Vogue Mexicana em novembro de 2012.frida-kahlo-vogue-w-insider E ainda hoje recebe inspirações de editorias de moda no mundo todo, vejamos alguns deles:

03

amica-may-2013-agnes-sokolowska-by-sandrine-dulermo-michael-labica-06

Dona-Florinda-Verão-2012-baixa

frida7

IMG_2401_640

Frida é vibrante, é colorida e é Show. Ela é a nossa estrela florida, a nossa Diva do Dia.

Continuar lendo

Tags , , , , , , , , , ,

Diva do Dia: Grace Kelly

Considerada um ícone da moda e a décima terceira lenda do cinema mundial Grace Patricia Kelly foi uma atriz premiada, vencedora do Oscar na categoria Melhor Atriz. Casou-se com príncipe-soberano de Mônaco Rainier III, tornando-se conhecida como Princesa Grace de Mônaco.grace-kelly-1

Como atriz, estrelou onze filmes, entre eles “Amar é sofrer”, pelo qual ganhou o Oscar de Melhor Atriz e o Globo de Ouro de melhor atriz em filme dramático. No total, a atriz recebeu dez nomeações aos principais prêmios da indústria cinematográfica mundial, tais como o BAFTA e o Globo de Ouro, das quais venceu seis vezes.

Além de atriz e aristocrata, Grace Kelly também foi uma filantropa dedicada especialmente a pessoas que desejavam seguir a carreira artística. Seus trabalhos humanitários se intensificaram após seu casamento com o príncipe, pois ela ficara impossibilitada de exercer sua profissão de atriz. Kelly foi também madrinha de várias instituições sociais entre elas uma organização internacional criada por ela, que tem como objetivo ajudar crianças carentes.

A vida de Grace, principalmente seus relacionamentos amorosos, sempre foram objeto de especulações e fofocas durante toda sua vida em diversos tabloides. Enquanto esteve solteira, teve relacionamentos com grandes atore da época como Ray Milland e Clark Gable.

r-grace-kelly-style-large

No ano de 1955, Grace Kelly conheceu Rainier Louis, após concordar em ser fotografada com o príncipe, durante o Festival de Cannes. À época de seu primeiro encontro com o príncipe, ela tinha 25 anos e ele 32 e, após uma série de atrasos e complicações, eles se encontraram uma segunda vez, durante um jantar promovido pelo príncipe em sua casa real, ocasião em que ficaram noivos. Em abril de e 1956, deixando o Porto de Nova Iorque, Kelly, sua família, damas de honra, poodle, e mais sessenta e cinco membros de sua família partiram em direção a Mônaco.  Em Mônaco, mais de vinte mil pessoas foram às ruas para saudar a futura princesa consorte. Grace e Rainier tiveram três filhos: Carolina Margarida Grimaldi, Albert Alexandre Louis Pierre e Stéphanie Marie Elisabeth Grimaldi, nascidos respectivamente nos anos de 1957, 1958 e 1965.

grace2-e1399930773738Em 14 de setembro de 1982, Grace Kelly morreu em um acidente automobilístico em Monte Carlo, Mônaco. O carro o qual a princesa dirigia saiu da estrada e caiu em um despenhadeiro, causando um derrame cerebral e, consequentemente, sua morte aos cinquenta e dois anos. Seu funeral, ocorrido em 18 de setembro daquele ano, contou com a presença de vários aristocratas, entre eles a rainha da Espanha e na época, princesa Diana e foi assistido por cerca de trinta milhões de pessoas através da televisão.

Mesmo depois de sua morte, Grace Kelly é lembrada por ter sido uma das atrizes mais bonitas e mais influentes de Hollywood, bem como uma das mulheres mais fashion do mundo. Em Mônaco, foi criada “The Princess Grace Foundation”, uma instituição cujo objetivo é ajudar pessoas com deficiência.

Durante a gravidez, em 1956, a princesa Grace era frequentemente fotografada Hermes-Kelly-bagsegurando uma bolsa de couro fabricada pela Hermes. A bolsa, Hermes Sac à dépêches, era provavelmente um escudo usado por Kelly para evitar a exposição dela e de seu bebê aos olhares indiscretos dos paparazzi. As fotografias, no entanto, popularizaram a bolsa, que tornou-se tão intimamente associada a Grace que passou a ser chamada de Kelly Bag. Além de filmes, a atriz inspirou diversos livros, músicas e perfumes. Foi citada em várias composições musicais, desde a sua morte em 1982. Na canção Vogue de Madonna e em Grace Kelly de Mika, por exemplo. Em 2012, foi eleita pela revista TIME um dos ícones mais influentes da moda de todos os tempos.

grace_of_monaco_ver3Em 2015, atriz Nicole Kidman viveu no cinema a atriz e princesa Grace de Mônaco no filme de mesmo nome. Kidman conseguiu trazer a elegância clássica de Kelly para sua atuação, e ainda encontrou o equilíbrio entre a personalidade forte e a atitude destemida da personagem, Nem preciso dizer que amei o filme, apesar de não ter caído no gosto da crítica em geral. O filme Grace: a Princesa de Mônaco começa quando Grace Kelly, estrela de longas como Ladrão de Casaca e Janela Indiscreta, termina de rodar sua última cena no set de filmagens de Alta Sociedade.

Depois disso, ela se tornaria a Sua Alteza Serena. Como a Maria Antonieta do filme de Sofia Coppola, ela também sofre no início de sua vida na realeza. Seis anos depois do casamento, já mãe de Caroline e Albert, atual príncipe de Mônaco, está afastada do marido e sentindo-se menosprezada quando Alfred Hitchcock bate à porta do palácio oferecendo-lhe o papel de uma ladra em Marnie. A princesa aceita, bem quando o principado sofre ameaças de todo o tipo do presidente da França, Charles De Gaulle e ela teria que amadurecer e assumir (ou abandonar) de vez as responsabilidades de sua nova posição. Sim, pode conter algumas falhas conforme sugerem os críticos, mas na minha opinião o filme é muito bom, principalmente para quem gosta de filmes biográficos, decoração cenários e figurinos exuberante a altura de uma estrela de cinema e princesa.

Grace-Kelly-film

nicole-kidman-600x450

grace-kelly

E claro, a coroa dessa princesa ainda é bela, sua beleza, graça e simpatia ainda surpreende e emociona. A estrela de Grace de Mônaco ainda brilha. Viva nossa Diva do Dia, Viva Grace Kelly!

***** Veja nossas outras Divas do Blog, Carmem Miranda e Betty Lago.

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Diva do dia: Betty Lago – Das passarelas a TV

“A gente tem muito mais força do que imagina”, foi uma das frases que ela disse em sua última entrevista em julho de 2015 para o Domingo Espetacular, da TV Record.

Sucesso nas passarelas internacionais nos anos 70 e 80, atriz de filmes e quase 30 novelas, apresentadora de vários programas de TV, ela sempre tinha fé e tanta vontade de vencer um câncer na vesícula que nunca deixou de mostrar um belo sorriso no rosto. Infelizmente o câncer a venceu na madrugada deste domingo, 13/09/2015.

Quando iniciamos o “Diva do Dia” aqui no Blog dos Pernés pensamos em transmitir a alegria, o carisma, a beleza natural e a força das mulheres brasileiras. E naturalmente  ao falar disso, não se esquece dessa mulher fenomenal. Com vocês: Betty Lago.


– “Eu me acho linda de qualquer jeito. E isso ninguém tira de mim. Nem um câncer, disse Betty Lago para a Vogue Brasil. 

A carreira de modelo: 

Depois de ser descoberta pelo fotógrafo Evandro Teixeira, mudou-se para o exterior em 1977. Por 15 anos, brilhou em passarelas do mundo e estampou capas e editoriais de moda de diversas revistas famosas da Itália, França e Estados Unidos. Trabalhou para estilistas como Pierre Cardin e Azzedine Alaïa, Valentino, Thierry Mugler. 

O estilista italiano Valentino Garavani, para quem Betty desfilou várias vezes nos anos 80 em Paris, deu um depoimento ao jornalista Bruno Astuto sobre a ex-modelo e atriz. “Ela foi uma das grandes musas que o Brasil deu à moda”. Completou: “Quando ela andava na passarela, fazia-se silêncio na plateia. Ela não era uma modelo clássica, era como uma imperatriz encantando o público com sua presença, encarnando uma diva nada amigável, com o queixo para cima. Aqueles olhos incríveis olhavam para você com orgulho, além daquele inacreditável nariz aristocrático. Quanta magia! Descanse em paz, minha querida amiga”.
Para a Vogue Itália, em 1987.



“Era uma modelo cheia de personalidade e uma mulher extraordinária. Trabalhou para mim diversas vezes. Fazia parte dessas brasileiras magnéticas“, disse Azzedine Alaïa.


Do glamour do mundo da moda para as novelas:

Ela começou a carreira de atriz na TV Globo, na minissérie “Anos Rebeldes”, em 1992, de Gilberto Braga. Esteve ainda em “Sex Appeal”, “Vira-lata”, “O quinto dos infernos”, “Pé na jaca” e “Guerra e paz” e “Quatro por Quatro” e vários outras.

Em Quatro por Quatro, ela fez a Abigail e uniu forças contra os homens com Babalu (Letícia Spiller), Auxiliadora (Elizabeth Savalla) e Tatiana (Cristiana Oliveira). 
Porém a vingança contra os homens não deu muito certo, tanto é que a última cena do último capítulo elas acabaram no mesmo lugar que estavam no primeiro, na cadeia. Mas a vingança continuaria. 

Na TV fechada, Betty estreou como apresentadora no programa GNT Fashion em 1995, no canal de mesmo nome. No GNT, ela também participou como debatedora dos programas “Saia Justa” e “Pirei – Com Betty Lago”.

A descoberta da doença e a despedida


Ao se descobrir com câncer, Betty não permitiu que a doença tirasse seu sorriso e vontade de viver. Numa entrevista ela disse: Continuo trabalhando loucamente,  “cheia de gás”. Já em relação ao tratamento contra a doença, a artista admitiu que não era fácil encarar os procedimentos médicos. “Ninguém tira um câncer de letra, mas é possível tornar as coisas mais leves”, explicou. “Aprendi a lidar com a situação da melhor maneira possível, acredito que manter o bom humor é fundamental sempre – um câncer não pode ter o poder de tirar sua personalidade, por pior que ele possa se apresentar. Acho que não dá para morrer em vida, se deixar vencer”, finalizou. 

Vários artistas deixaram sua homenagem a Betty, a atriz Luana Piovani se despediu: “Quem a conhece sabe que atrás daquela figura extrovertida e hilária havia uma criança doce. Lembro dela dizendo: ‘Valorize-se Luana! Sempre se imponha, não abaixe a cabeça pra esses wanna be que acham que mandam. Se você se valorizar, todos farão o mesmo’… Conversávamos muito, passeávamos de carro ouvindo as fitas cassetes que ela gravava das rádios americanas e nos tornamos mais cúmplices ainda na época do Saia Justa. Mesmo quando divergíamos, sabíamos que eram opiniões diferentes e só. Nos amávamos e nos admirávamos. Meu coração está tristíssimo, sentirei muita falta dela, mas sei que ela está bem, ao lado do Senhor, rindo pra gente. A gente é que sofre por aqui… Betinha… Te amo”.

O trabalho mais recente da atriz em dramaturgia foi na novela “Pecado Mortal”, da TV Record.

Atualmente, Betty estava participando da quarta temporada do programa “Desafio da Beleza, no Canal GNT,  ao lado da modelo Mari Weickert e do maquiador Daniel Hernandez.



Amigos e parentes da Betty Lago,, foram ao cemitério do Caju, na Zona Portuária do Rio, para a cerimônia de cremação da atriz, que não queria velório. Em meio a muita tristeza e lágrimas, os presentes fizerem questão de frisar a imagem que fica de Betty: humor contagiante e jeito marcante de alegria e irreverência. 

Tags , , , , , , ,

Diva do dia: Carmem Miranda – O que é que essa baiana tem?

Se estivesse viva,  Carmem Miranda teria exatamente 106 anos de idade. E hoje, 05 de agosto de 2015, faz 60 anos da morte da cantora e atriz portuguesa mais brasileira do mundo, Carmem Miranda. Embora tenha nascido em Portugal, mudou-se para o Brasil com os pais quando tinha apenas um ano.  

Duvido que exista alguém que não conheça ou tenha ouvido falar dela. 
Os filmes, as músicas, os sucessos no exterior, a alegria, as cores, as frutas na cabeça, a baixa estatura e sua beleza e vaidade. Adotou a Bahia como terra natal com suas vestes estilizadas, e os arranjos de flores e frutas tropicais que carregava sobre a cabeça – marcas definitivas de sua imagem.


 Vejamos ensaios e editoriais inspirados nessa super star: 


Entre as boas recordações que surgem e ressurgem ao redor do nome famoso, reina uma absoluta e altiva certeza: A saia dessa baiana ainda roda, Carmem é cool, Carmem é uma estrela que segue brilhando, Carmem ainda está na moda.E aí, você ainda duvida da força que essa baiana tem? #VivaCarmemMiranda


Tags , , , , , , , , , , , , , ,