Arquivos da categoria: Aplicativos

Pessoas surdas podem denunciar em Libras violações de direitos humanos

A função está disponível nos canais Disque 100 e Ligue 180, da Ouvidoria Nacional de Direitos HumanosPara levar os serviços dos canais de denúncias a todos os cidadãos, a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH) dispõe de atendimento humanizado em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Desde a disponibilização da versão acessível do Disque 100 e Ligue 180, mais de 1,7 mil pessoas surdas utilizaram a função, disponível no portal da ONDH e no aplicativo Direitos Humanos Brasil.

O atendimento com acessibilidade assegura às pessoas surdas ou com deficiência auditiva igualdade de condições ao acesso à informação e à compreensão, sem barreiras na comunicação, como prevê a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI). A titular da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNDPD), do Ministério da Mulher da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Priscilla Gaspar, destaca que este tipo de atendimento é único no mundo.

“Uma ouvidoria de denúncias de direitos humanos que oferece videochamada para que pessoas surdas possam denunciar em sua própria língua, é um serviço único em todo o mundo, já que conta com intérpretes humanos. Além disso, coloca a pessoa surda como parte da sociedade. A pessoa surda é um cidadão igual a todo mundo e, por isso, a gente precisa divulgar o trabalho da Ouvidoria para que todos saibam que ela é acessível”, afirma a secretária.

O ouvidor nacional, Fernando César Ferreira, explica que a adaptação para acessibilidade nos canais de denúncia já estava prevista para ser implementada, mas teve o processo acelerado devido à pandemia. “Realizamos esse esforço para garantir o atendimento diante de tempos tão difíceis para cidadãos que encontraram maior dificuldade em denunciar”, diz.

Todos os intérpretes de Libras que realizam os atendimentos nos canais receberam treinamento por meio de uma oficina, oferecida pela SNDPD. Os profissionais foram capacitados para saber lidar com situações de violação de direitos humanos.

Números de violações

Os registros de violação de direitos humanos contra pessoas com deficiência, até agosto de 2021, somam mais de 27,7 mil casos. Segundo os dados do painel da ONDH, são casos de desrespeito contra a liberdade, a segurança, o patrimônio e a integridade das vítimas. Muitos deles envolvendo maus tratos, chantagem, manipulação e invasão de privacidade. No mesmo período do ano passado, foram 26.510 violações.

Para dúvidas e mais informações:
pessoacomdeficiencia@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 2027-3525

Tags , , , , , , , , ,

O aparelho auditivo “Ohren Goiânia”

Usar aparelho auditivo, será que pode não ser legal? Pode ser um incômodo? Pode ser esteticamente muito feio ou muito lindo?

Sim, Não e Depende para todos estes questionamentos.

Pra começar gostaria de esclarecer que o que realmente não é legal é não poder aproveitar plenamente todo o potencial da audição humana.

Incômodo é estar rodeado de pessoas e não poder entender o motivo das risadas.

E feio é conhecer pessoas que possuem a capacidade de caracterizar um aparelho auditivo, é altamente benéfico para um surdo como fora dos padrões de estética.

Não é legal ouvir pouco, assim como também não é legal ouvir demais, porém é importante frisar que qualquer incômodo relacionado ao uso de um aparelho auditivo tem mais a ver com tempo, paciência e adaptação correta feita por um profissional qualificado.

Não acredito que exista padrões de beleza, pois assim como na moda existe espaço para os mais diversificados gêneros, cores e tamanhos, foi desenvolvido diferentes modelos de aparelhos auditivos, com tamanhos, cores e tecnologias diferentes que com certeza você poderá encontrar uma que mais se adequa a sua necessidade.

Me chamo Thiago, tenho 33 anos e estou também no meu blog pessoal, que também falo abordo sobre minhas tristezas e alegrias, conquistas e tantos desafios de ser surdo, além de trazer dicas de cultura, viagens, moda e saúde.

Em Goiânia encontrei a Ohren, uma empresa séria com profissionais qualificados que me atenderam tão bem que quando relatei a minha satisfação a gerência, fui convidado a relatar minha experiência de anos de uso de aparelhos auditivos e tudo relacionado ao meu mundo surdo.

Mas e você, vamos começar cuidar da sua saúde auditiva hoje? Conte conosco!

Tags , , , , , ,

Novas tecnologias em Aparelhos Auditivos

Comecei a perder a audição por voltar dos 10, 11 anos de idade, sendo  comprovada a perda com audiometria aos 12. Se a memória não me falha, aos 18 comecei a usar aparelhos auditivos. Desde então, posso afirmar que a minha vida deu uma guinada, pois “voltei a viver” a ouvir muitas coisas que nem reconhecia o som mais.

No mercado existem inúmeras marcas e tecnologias que permitem que as pessoas com perdas auditivas voltem a ouvir. E hoje como estou em fase da adaptação com novos aparelhos, que pela segunda vez são da marca Signia-Siemens, posso dizer que já estou muito feliz e parece-me que a qualidade destes em relação aos modelos anteriores que usei são bem superiores, graças a tecnologia que avança continuamente. Por isso gostaria de falar em inovações tecnológicas para os surdos, de modo pesquisei sobre os aparelhos auditivos, e hoje quero falar sobre 3 modelos dessa marca que tem ultrapassado minhas expectativas.

Vamos conhece-los?

  • Seja para falar sobre a exposição de arte com seus amigos, comentando sobre a política brasileira ou sobre a belíssima apresentação que seu cantor de música favorito fez – conheça o Pure™ 312 da Signia permite que você compartilhe e viva ao máximo todos os lindos momentos da vida. E sabe o melhor? É que tamanha sofisticação vem em poucos centímetros.

Ou seja, além do seu design elegante e pequeno, ele se adapta discretamente atrás da sua orelha. E ainda pode ser controlado remotamente por meio de seu smartphone com ainda mais conveniência e discrição para quem a pede. 

Este foi desenvolvido com a mais sofisticada e inovadora tecnologia, o Pure 312 da Signia oferece um som mais natural, combinado com a mais alta performance auditiva e conectividade superior, seja em perdas auditivas leves, moderadas, severas ou profundas, e enfrenta os desafios e te ajuda a aproveitar os sons naturais da vida

  • Um bom design não é apenas questão de estética –  e  sim uma combinação inteligente entre forma e funcionalidade. Com design único, foi combinado os dois para criar mais uma inovação: um aparelho auditivo com bateria de íons de lítio sem contatos de carga. Este é o diferencial do Cellion Primax , a próxima geração da tecnologia de aparelhos auditivos, com um inteligente design “OneShell”. Com uma confiável célula de bateria de íons de lítio recarregável, o novo Cellion™ proporciona até dois dias de uso regular com uma única recarga, para você não se preocupar com a falta de bateria inesperada. E, ainda, o carregamento por indução significa total conveniência.


Além disso de tudo, eles são os únicos aparelhos auditivos com transmissão de áudio ilimitada com duração de até dois dias sem a necessidade de recarregar. E células recarregáveis da bateria de íons de lítio utilizam uma conveniente tecnologia sem fio de carregamento por indução, que dispensa as complicadas trocas de bateria. Apenas coloque seus aparelhos auditivos Cellion no carregador e os equipamentos inteligentes tomam conta do resto. Depois é só tirar os aparelhos do carregador e eles ligam automaticamente. Carregamento: O Cellion é o primeiro aparelho auditivo do mundo a combinar a tecnologia das baterias de íons de lítio com carregamento por indução. 

  • Um dos menores aparelhos auditivos do mundo, o novo Silk fica praticamente invisível no canal auditivo, e é apropriado pra quem quer total discrição. O que mais gostei deste modelo é que ele me parece ser super macio e confortável e promete se adaptar imediatamente sem a necessidade de esperar pela confecção de um molde customizado.

E além do tamanho impressionante, o Silk ainda proporciona uma experiência auditiva surpreendente clinicamente comprovada por reduzir o esforço auditivo. Os novos aparelhos auditivos Silk possuem recursos completos e oferecem uma qualidade sonora excepcional.

A revolucionária direcionalidade conhecida como “binauralOneMic” impulsiona o foco natural da orelha nos sons vindos especificamente pela frente, enquanto filtra ruídos indesejados do ambiente. E graças à conectividades sem fio, você pode transmitir o áudio de outros dispositivos como TV e celular, diretamente aos seus ouvidos e desfrutar da conveniência de uma variedade de acessórios como os controles remotos. 

Não são maravilhosos? E quer saber mais? Quero falar sobre o aplicativo myControl App*. OS aparelhos auditivos Siemens, Signia, oferecem a melhor conectividade para transmissão de áudio de várias fontes, além de também funcionar como um controle remoto dos seus aparelhos auditivos – tudo na ponta de seus dedos. Com ele você pode aproveitar uma experiência sonora mais natural, com conectividade para transmissão de áudio de seu smartphone ou TV.

 

Outra característica bem legal, e que tem inclusive nos meus novos aparelhos é que o recurso SpeechMaster que monitora constantemente o que você está ouvindo. Ele foca automaticamente no seu interlocutor enquanto reduz as vozes e o ruído indesejados a sua volta. Você escuta de maneira mais clara o que realmente quer escutar.

Como resultado, ouvir com aparelhos que tem essa tecnologia, pode ser ainda menos cansativo do que a audição normal. E ele está a disposição o dia todo. Em todas as situações. E eu estou amando essa experiência, e muito orgulhoso de poder contar com essa tecnologia. De fato a Signia-Siemens não ficou de fora e tem avançado continuamente e lançando soluções capazes de garantir uma vida mais confortável,  plena e feliz mesmo que você tenha a audição limitada.

E para quem quer conhecer estes e outros modelos da Signia-Siemens, em Goiânia eu indico a equipe da Ohren Aparelhos Auditivos, localizada na Av. D, 178. QD. 11 LT. 69 – Setor. Oeste.

Fones: (62) 3215-1030 ou Whatsapp (62) 98596-6373, ou pelo e-mail: contato@ohren.com.br

Leia também aqui no blog: 

A in-utilidade dos 0800 para deficientes auditivos ou de fala.

 

Artigos sobre Inclusão, Surdez e Língua de Sinais

 

Os Mitos e as verdades da Surdez – “Os surdos que só escutam quando querem”

 

Tags , , , , , , , ,

Testamos o Beblue – e funciona!

Já ouviu falar do Beblue? O Beblue é um aplicativo que traz parte do seu dinheiro de volta a cada compra realizada, ou seja não é programa de pontos, nem clube de vantagens. Para participar basta, fazer o seu cadastro e download do app por esse link e nós ganhamos R$5 cada. Depois é só você comprar algo de R$20 ou mais, com seu cartão, usando o app nos diversos estabelecimentos espalhados por todo país.

Ontem eu usei o aplicativo pela primeira vez e pude ver não é papo furado, funciona mesmo. Fui o América Wings, que conheci através do aplicativo e amei.

Ontem o valor de retorno era de 40%, ou seja eu recebi em saldo o valor de 40% do que foi consumido e gasto lá. Saldo que caiu na hora e está disponível para consulta no aplicativo.

Beblue: 

Vantagens: Parte do valor gasto retorna. Pode ser 2%, mas há estabelecimentos com até 50% do valor gasto a ser devolvido. Postos, Lojas, Restaurantes e etc.

No aplicativo há disponível um Chat, no qual você pode tirar suas dúvidas em tempo real. A equipe é super solicita e não há espera para ser atendido.

Ao fazer seu cadastro e download do app por esse link e nós ganhamos R$5 cada,  desde que a primeira compra seja no valor de R$ 20.

Oportunidade de Melhorias: A conta deve ser paga com cartão  Visa/ Master, podendo ser débito ou crédito. A bandeira Elo não está disponível. Também não aceitam pagamento em dinheiro, e acho que deveriam expandir essas formas de pagamento.

Ainda não está disponível em muitas cidades, mas parece-me que já estão expandido o uso para todo Brasil.

Veja também: 

Dicas de Lazer em Goiânia – para crianças e adultos!

 

Tags , , , , , , ,

Scooters compartilhadas em Paris

Olá, tudo bem?

Já contei aqui sobre o projeto de Bike em Goiânia, lembra?

O serviço é bem prático e preço super acessível para quem quer fugir da muvuca do transporte público. OK, não é tão novidade, já que o aluguel de bicicletas está em toda cidade, em várias cidades no Brasil e no mundo todo.

Esses dias contei aqui, sobre 4 formas de economizar nas suas viagens, sendo que 2 são de transportes: É o Uber que todos já conhecem e o BlaBlaCar, que seria um “uber de longa distância” que já utilizei também.

Que tal ganhar R$ 10 GRÁTIS nas duas primeira viagens? Use o código z4njx19aue e garanta seu desconto.

Mas hoje quero contar para todos vocês, principalmente para os chiques que vão a Paris, na França. Conheça o “Cityscoot”, o serviço de “Scooter elétrica compartilhada”. Sim, é aquelas motos charmosas.

Blog dos Pernés_Serviço de Aluguel de Scooters

CityScoot – o serviço de Scooters Compartilhadas em Paris. Imagem: Reprodução

O cadastro é semelhante ao da bicicleta. Ou seja, toda a transação é feita pelo aplicativo. Para usar a scooter, o usuário cadastrado paga entre 20 e 28 centavos de euro por minuto. Após a reserva da scooter, o usuário tem dez minutos para retira-la da estação. Para quem tem mais de 28 anos, não é necessário habilitação.

A ideia de lançar mais um serviço de transporte em duas rodas não só  ajuda no tempo de mobilidade da população e de turistas, como também vai favorecer o uso mais equilibrado dos espaços públicos. Afinal, uma pequena moto elétrica ocupa bem menos espaço que um carro.

A scooter parisiense tem motor elétrico de 50 cilindradas e pode chegar a 45 quilômetros por hora. A princípio, são 150 unidades espalhadas pela cidade. Outros países europeus, como Espanha, Itália e Alemanha, também contam com sistemas semelhantes.

Então já sabe, se for a Paris, a Scooter é uma opção que vale a pena!

Veja também:

Dicas: Viagens Econômicas

Tags , , , , , , , , , , ,