Arquivos da Tag: Na Estrada

Dia do Meio Ambiente inspira Grupo Privé a compartilhar suas diversas iniciativas em prol de um turismo limpo

Dia do Meio Ambiente inspira Privé Hotéis e Parques a compartilhar suas diversas iniciativas em prol de um turismo limpo

Nos oito hotéis do grupo e três parques aquáticos localizados na cidade de Caldas Novas (GO), visitantes são estimulados a contribuir com a sustentabilidade. Exemplos vêm do empreendimento Prive Boulevard Suíte Hotel, que utiliza produtos de limpeza biodegradáveis, tratamento e água de reuso, além do descarte correto de resíduos, desde o lixo comum a pilhas e lâmpadas

No dia 5 de junho é comemorado o Dia do Meio Ambiente e a WAM Group, através do Privé Hotéis e Parques, elegeu algumas ações sustentáveis que desenvolve em seus oito hotéis e três parques aquáticos localizados na cidade de Caldas Novas (GO). A proposta é mostrar que é possível aliar muitos recursos de diversão e ainda valorizar o turismo limpo, estimulando consciência ambiental.  
O gerente do Privé Boulevard Suíte Hotel, Leonildo Arantes de Oliveira lembra que todos os produtos utilizados na limpeza dos apartamentos e demais áreas de convivência são itens biodegradáveis certificados e além do turismo limpo, o hotel investe em ações internas. Pioneiro na categoria superluxo na cidade, o empreendimento possui 402 apartamentos, todos com dois ambientes e uma ótima opção para a família já que oferece área de lazer completa.
“Temos uma central específica para promover o tratamento de toda a água utilizada no nosso complexo. Essa água de reuso é utilizada na lavagem de ambientes, evitando o desperdício. Também temos coleta seletiva de lixo. Como todas as portas possuem fechadura eletrônica, as pilhas são destinadas a uma empresa especializada e o mesmo acontece no descarte de lâmpadas”, aponta Leonildo. Outra iniciativa celebrada pelos hóspedes é que desde o ano passado, quem se hospeda nos empreendimentos da rede Privé Hotéis e Parques também pode contar com o Protocolo de Segurança WAM Clean & Safe contra a COVID-19. Mais do que um ambiente agradável, a empresa reforça seu compromisso com atrações seguras e ambientes adequadamente higienizados para toda a família.

Sobre o Privé Hotéis e Parques
Com mais de 50 anos de experiência hoteleira, o Privé Hotéis & Parques é referência no ramo de turismo e lazer em Caldas Novas – Goiás. Têm no portfólio oito hotéis que, com conceitos distintos, proporcionam experiências inesquecíveis a quem visita a região, além de três parques aquáticos: Náutico Praia Clube, Clube Privé e Water Park.Denominados Privé Praias do Lago Eco Resort, Prive Thermas Hotel, Prive Atrium Thermas Residence Service, Prive Boulevard Suite Hotel, Prive Marina Flat & Náutica, Prive Riviera Park Hotel, Prive Ilhas do Lago Eco Resort e Prive Alta Vista Thermas Resort, os hotéis estão estrategicamente localizados e são preparados com todo o espaço e conforto necessários para uma estadia com excelente custo-benefício.  
Serviço

Site: www.privehoteiseparques.com.brAtendimento: 0800 620 7575E-mail: reservas@grupoprive.com.br Redes Sociais:Facebook: www.facebook.com/privehoteiseparquesInstagram: www.instagram.com/privehoteiseparquesYouTube: www.youtube.com/privehoteiseparques

Nayara Reis – Assessoria de Imprensa Privé Hotéis e ParquesFatoMais Comunicação – Desde 2004, a sua Agência de Comunicação

Telefone: (62) 9 9222-3354 / (62) 9 9610-4088

Ana Paula e Silva / Dienys Rodrigues / Nayara Reisimprensa@fatomais.com.br

Siga a FatoMais:

Facebook – www.facebook.com/FatoComunicacao

Instagram – www.instagram.com/fatomais

LinkedIn – www.linkedin.com/company/fato-mais-comunicação

Twitter – www.twitter.com/fatocomunicacao

Acesse nosso site: www.fatomais.com.br

Tags , , ,

Tour por Brasília

Já estive em Brasília milhões de vezes, mas nunca tive a oportunidade de turistar. Mas de férias marcadas, finalmente chegou minha vez de passar por lá e conhecer a cidade por um lindo dia inteirinho.

E eu escolhi fazer o passeio, pelo famoso ônibus de dois andares, que atualmente é feito pela empresa Catedral Turismo.

Como funciona?

O passeio é rápido, sai do Brasília Shopping, dura cerca de 2 horas, e passa pelos principais pontos turísticos de Brasília.

 

O passeio começa em direção à Antena de Tv e a Catedral, e segue pela Esplanada dos Ministérios, um dos pontos altos do passeio (pelo menos para mim), onde os viajantes têm a oportunidade de conhecer o Palácio do Itamaraty e o Congresso Nacional até na Praça dos Três Poderes, onde acontece uma uma parada de 10 minutos, tempo para o viajante registrar o momento e conhecer mais de perto os monumentos.

O roteiro segue pela Ponte JK e Palácio da Alvorada, onde acontece a última parada do tour, também com duração de 10 minutos. Para retornar ao ponto inicial do passeio, o ônibus passa pelo Eixo Monumental, onde é possível ver o Palácio do Planalto, o Palácio da Justiça, o Teatro Nacional de Brasília e o Conjunto Nacional.

Pontos altos:

– Boa opção para quem não dispõe de muito tempo ou não tem paciência para entrar nos museus e explorar mais a fundo cada um dos pontos turísticos.

– Há narração em português, espanhol e inglês com uma curta explicação sobre os lugares visitados.

– O ônibus é novinho e conta com 53 poltronas na parte superior e 14 na parte inferior, todas equipadas com cinto de segurança. Há assentos especiais para cadeirantes e, na parte superior, há uma parte semi-coberta, para evitar o sol na cabeça.

Pontos negativos:

– O Passeio é caro, e o ônibus só circula com a quantidade mínima de 5 passageiros.

– Dizem que a ideia é que o ônibus funcione, tal como no exterior, e em Curitiba, no qual eu também já fiz, no sistema em que se pode subir e descer em qualquer uma das paradas. Dessa forma, seria possível gastar o tempo que desejar em determinada atração e depois pegar o próximo ônibus. O problema é que, na prática, o sistema não funciona muito bem, em razão da quantidade mínima de passageiros exigida para o ônibus circular. Assim, é possível que os passageiros ingressem no ônibus em qualquer das paradas preestabelecidas, mas, se algum dos passageiros quiser ficar mais tempo em uma das paradas, não há garantia do horário em que o próximo ônibus irá passar.

– Há apenas 3 paradas (Catedral, Praça dos Três Poderes e Palácio da Alvorada) e o tempo em cada uma delas é bem curto: apenas 10 minutos.

– Não aceita cartão de crédito. O pagamento pode ser feito somente em dinheiro.

Horários

Os ônibus do city tour da Catedral Turismo em Brasília têm saídas diariamente às 10h30, 14h e 16h30 com pelo menos 5 passageiros.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 99304-1992

Valores:
– Adulto: R$ 50,00
– Crianças com até 5 anos: gratuito
– Crianças de 6 a 12 anos: R$ 25,00
– Maiores de 65 anos: R$ 25,00 *

Tags , ,

Viajar – Mário Quintana

A verdadeira arte de viajar…

A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo.

Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali…
Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando!

Tags , , , ,

Dicas SICREDI: Como investir e planejar a viagem de férias?

Para a especialista Thalita Guimarães o planejamento é primordial, mas como nem tudo vai para a ponta do lápis, pequenos gastos acabam gerando imprevistos. Outro ponto é escolher o destino, com a razão e não com a emoção.

Segundo estudo “10 Principais Tendências Globais De Consumo 2019”, lançado pelo Euromonitor International, consultoria global de pesquisa e inteligência estratégica de mercado, o turismo está entre as tendências globais de consumo para o ano de 2019. Ou seja,  as viagens fazem parte do novo comportamento do consumidor no mundo. Como explica a gerente de desenvolvimento de negócios do Sicredi, Thalita Guimarães, para que essa tendência também faça parte da sua rotina é preciso planejar. “E vai muito além da passagem e hospedagem.

Na hora de por na ponta do lápis, gastos como alimentação, transporte e até uma reserva mínima para os imprevistos também devem entrar na soma”, ressalta.Para que o planejamento dê certo é preciso ter duas coisas em mente. Você terá que pesquisar muito em primeiro lugar e em segundo, ter consciência do quanto realmente pode gastar, sem fazer dívidas para o futuro. “As férias geralmente são um momento de descontração, aguardado com ansiedade por grande parte das pessoas, mas é preciso tomar cuidado para que isso não se transforme em razão para uma desestruturação financeira ou familiar, mesmo que temporária”, explica Thalita.

A especialista ainda alerta para passos como agendar as férias com antecedência, escolher com consciência os planos e projetos para os dias de descanso, se programar financeiramente para arcar com esses projetos e adquirir o que for possível com antecedência. Dicas essas, que são úteis mesmo para quem opta em não viajar, pois as férias inspiram lazer e esses cuidados podem auxiliar muito a sua saúde financeira pós-férias. 

Por isso atenção. Se você não está com as contas em dia ou tem tido problemas financeiros contínuos, talvez seja hora de adiar os planos de uma viagem de férias. “Se for esse o caso, nem tudo está perdido, também existem muitas opções gratuitas em nossas cidades, como parques, museus e eventos abertos, para que possamos divertir sem ter que viajar e gastar muito”, ressalta. 

Investimento 

A especialista lembra ainda que para quem gosta muito de viajar já existem opções investimentos específicos para esse propósito. Porém, o mais importante é entender o perfil do investidor. “A indicação mais assertiva para a carteira de investimentos sempre estará mais direcionada em quanto risco o investidor está confortável em correr, e logo após, em quanto tempo ele pretende deixar o recurso aplicado.

Para um resgate imediato, vale a pena pensar na poupança – com certeza é uma opção melhor do que deixar o recurso na conta corrente. Conversar com seu gerente é o melhor caminho. Ele poderá auxiliar a entender o seu perfil de investidor e indicar as melhores sugestões”, analisa Thalita. Para Thalita é sim possível economizar e de várias formas. Confira algumas dicas: 


Pesquisar sobre o seu destino de férias pode te ajudar a economizar bastante 
Realizar as suas reservas e compra de passagens com certa antecedência ·  

 Para quem possui cartão de crédito é interessante verificar se é possível trocar os pontos dos programas de fidelidade por passagens, ou se a categoria de cartão disponibiliza assistências gratuitas, no caso das compras realizadas com o cartão. Algumas categorias permitem acesso a salas VIP, seguros viagem e seguro automóveis. Fique atento!

Adequar o seu consumo nas viagens a sua realidade financeira também pode auxiliar muito a diminuir o orçamento total da viagem. Experimente trocar algumas refeições em restaurantes por foodtrucks, visitar as atrações turísticas gratuitas do seu destino, aproveitar para comprar os tickets para as atrações pagas antecipadamente pela internet, entre várias outras opções. ·         

Em Goiás temos ótimos destinos para quem quer se divertir e conhecer lindos lugares gastando menos. Entre os destinos podemos citar Pirenópolis, Caldas Novas, Chapada dos Veadeiros, Araguaia e muitos outros. E para quem quer economizar ficando na cidade, as férias são uma boa opção para encontrar os amigos, a família, andar pelos vários parques da cidade, descansar e até ir aos shoppings, desde que com consciência!

Confira também os posts que já fizemos sobre Caldas e Pirenópolis:

Tags , , ,

Los Copihues – A trilha inclusiva no Chile

A Conaf – Corporación Nacional Forestal , do Chile acaba de inaugurar a primeira parte de uma trilha inclusiva na região Cerro Ñielol, em Temuco, 100% natural. E olha que legal, o trajeto vai permitir que pessoas com deficiência visual e física possam aproveitar mais a natureza.

Imagem: Reprodução/GO Outside

A trilha foi batizada de chamada “Los Copihues”, em referência ao copihue (Lapageria rosea), a flor nacional do Chile. De acordo com o CONAF a trilha tem a proposta de servir como uma “terapia florestal”, onde os indivíduos podem tocar as cascas das árvores, as texturas das folhas, sentir o silêncio que a natureza proporciona, mas também o canto dos pássaros.
Parque Nacional de Turismo Cerro Ñielol fica a 670 km ao sul da cidade de Santiago.

Nesta semana, participantes da Casa da Inclusão do Município de Freire percorreram os primeiros 200 metros da trilha inclusiva. A trilha está localizada ao lado do estacionamento do parque. O acesso é gratuito a pessoas com deficiência e seus acompanhantes

Parque Nacional de Turismo Cerro Ñielol fica a 670 km ao sul da cidade de Santiago.

Segundo o diretor do CONAF Araucanía, Julio Figueroa, a ideia é replicar a iniciativa em outras regiões do país. “Por enquanto, temos cinco trilhas inclusivas, três neste Monumento Natural, outra no Parque Nacional de Huerquehue e a última no Parque Nacional de Tolhuaca.” Arrasou!

Tags , , , , , ,

Guia Goiás é mais – Os encantos de Pirenópolis

        Pirenópolis uma cidade linda daqui de Goiás, unem-se as duas vertentes formadoras de uma cultura vigorosa; o bem patrimonial conservado e íntegro e o pensar e fazer cotidiano de seus moradores, pautado em tradições seculares, que tecnologia e modernidade e não conseguiram ainda abalar.

História:

Pirenópolis foi tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1989. Mas sua história vem bem antes disso. Ela nasceu de um pequeno arraial minerador no início do século XVIII e incrustada aos pés da Serra dos Pireneus, Pirenópolis constitui-se hoje em um dos mais ricos acervos patrimoniais do Centro-Oeste.

Por ter sido um centro urbano fluorescente até fins do século XIX e, em seguida, ter experimentado um período de estabilidade e isolamento, que a manteve intocada pelas transformações do século XX, a antiga Minas de Nossa Senhora do Rosário Meya Ponte conservou praticamente intacta sua feição original. Não como um cenário vivo, mas como uma cidade viva, que manteve acesa a criatividade que sempre a caracterizou, através de um forte apego a seus valores, tradições e manifestações culturais

Pirenópolis manteve-se como testemunho vivo dos primeiros tempos da ocupação do território goiano. Cristalizou-se a feição do arraial das primeiras décadas do século XIX, que vivia então o auge de sua prosperidade e cultura, constituindo-se no que hoje é um bem histórico de valor inestimável, tanto para o Estado de Goiás como para a nação.

         O Arraial foi criado em 1727; elevado à Vila em 1832; a Vila foi elevada a categoria de cidade em 1853. O nome de Pirenópolis (1890), significa cidade dos Pireneus.

         Distante 150 km de Brasília e 120 km de Goiânia, Pirenópolis conta com ótima e diversificada rede de hotéis, pousadas e campings, além de restaurantes que servem desde boa comida regional à internacional. Em suas estreitas ruas e ladeiras estão casas que oferecem variado e autêntico artesanato. O visitante encontrará em seu entorno uma natureza vigorosa e característica, protegida por santuários de vida silvestre e enriquecida por rios e cachoeiras de rara beleza e em cada casa, rua tranquila e praça a cordialidade de um povo hospitaleiro e amigo.

Como chegar de ônibus: 

De Goiânia para Pirenópolis:

Horários: todos os dias às 17h

Preço da passagem: R$ 31,74

De Pirenópolis para Goiânia
Horários: todos os dias às 9h15
Preço da passagem: R$ 31,74

De Anápolis para Pirenópolis:8h/ 11h / 14h00/ 15h30e 18h15
De Pirenópolis para Anápolis: 6h30/ 9h30/ 12h30/ 15h30 e 17h

Aos domingos: De Pirenópolis para Anápolis: 6h30/ 9h30/ 12h30/ 15h30/ 17h00e 18h15

Preço da passagem: R$ 9,00

Onde ficar: 

Estive lá duas vezes este ano e em uma delas fiquei na Pousada Vovó Laurinda e na outra Quinta do Abade:. Como é lá:

Vovó Laurinda é Bem localizado, quartos e áreas externas bem espaçosos. Quinta do Abade um pouco mais afastado, mas é muito longe. Nesta inclui sala e cozinha, super bem decorados.

Em relação ao atendimento é muito bom, de todos em ambos locais. Porém:

— As diárias de ambas não incluem café da manhã. Mas na Pousada Vovó Laurinda, há uma área com biscoito, café e água à disposição dos hóspedes.

—  Na Pousada Vovó Laurinda, apesar de não me incomodar tanto, creio que após as 22:00, o volume da conversa e movimentação da área externa deve ser controlado. Havia movimentação e conversa constante, inclusive por parte de atendentes e hóspedes após este período. Já na quinta dom Abafrc cigarro e charutosa próximos mos aos quartos, mesmo nas áreas dentro faz Pousada não deveriam ser permitidos, realmente algo que incomodou.

— Não gostei dos cobertores na Pousada Vovó Laurinda, pois tenho alergia.

Onde comer: 

Pizza em Frente a pousada:

— A cortesia de todos funcionários, decoração e espaço muito bons. Ponto alto!

— Pedi lasanha à bolonhesa, e embora gostei da massa mas não do molho e tempero. Talvez muito artificial.

— Já o atendimento as mesas é rápido, coisas de minutos. Mas percebi que isso mudou quando na chegada de mais clientes e achei o atendimento quando pagamento desorganizado.

Cafe colonial Sibipiruna: Na cidade há muitas opções, mas experimentamos em frente à Pousada também. Atendimento muito legal, embora meio lento. A comida é boa e tem variedades de doces. Porém pelo preço, penso que faltaria um pouco mais de frutas. E mais opções.

Empreendimento Quinta Santa Bárbara: Um dos motivos para a segunda visita, foi a convite da construtora para conhecer este empreendimento e que está em construção. Um local que quando pronto será maravilhoso.

Bem, no tempo todo é dito que a visita é sem compromisso para conhecer o empreendimento, não achei necessário perguntar algumas coisas, logo na chegada ao empreendimento, como endereço, profissão e renda.

Diante disso, penso que havia talvez certo desespero para venda dos apartamentos. Apesar da equipe ser super acessível e carismática, incluindo de Marketing, os e fui atendimento pré viagem pela maravilhosa Beth  e das “facilidades” como parcelamento da entrada e de parcelamento, não havia prazo pra pensar ou colocar os gastos com papel. Depois que saísse do local, não há mais oportunidade de obter uma série de benefícios e descontos.

Táxis: Os dois táxis que usamos na cidade são em geral bem ruins. Não de conservação, mas sim são sujos e cheios de papel espalhados, e o atendimento bem mais ou menos e o preço? Eu achei muito caros. Mas existem varias opções de táxis particulares. E com certeza poderá encontrar um no meio termo. Dica: Combine antes!!

E de todas as cachoeiras, vá também em Salto de Corumbá.

Aqueles dias em Salto de Corumbá/ Go

Tags , , , , ,

Uber em Goiânia: do Luxo ao Lixo

O que fazer depois de 2000 viagens feitas com o Uber em mais de 3 anos que ele está em Goiânia? Lembram quando usei e todo feliz e satisfeito vim contar para vocês? Só clicar aqui para ler a matéria de fevereiro de 2016. E quando vim contar sobre a prefeitura de Goiânia e a lei para o Uber? Vejam aqui. E hoje então podemos comemorar? não, infelizmente.

Desde maio de 2016, já venho estado descontente com o proceder de alguns motoristas e quase 95% do atendimento do suporte. Sabe o suporte? Aquela opção de “ajuda” que temos para reclamar algo ou fazer alguma solicitação? Este mesmo, tanto é que em março de 2017, resolvi registrar a insatisfação com o serviço.

Minhas novas experiências com a Uber

Além de até hoje, não ter uma linha segura e eficaz para que eu como surdo, possa conversar com o suporte ou entrar em contato com algum motorista, hoje estou ao limite de pagar por um serviço muito ruim. Poxa Uber! Muitos cancelamentos por parte dos motoristas (outros que não saem do lugar e nem respondem ao chat), muitos questionamentos feitos ao suporte e não há resposta. Aliás, se eles mesmos não encerram o chamado, há resposta sim:

  • Lamentam muito o ocorrido e que isso ou aquilo não faz parte do padrão de qualidade e que embora não possam dar mais detalhes sobre como farão para corrigir a falha, podem dar uma boa notícia: não foi cobrada taxa de cancelamento.

Uau, ótimas respostas, o problema é que são as mesmas, até para questionamentos que não se enquadram a estas respostas. Outro problema: os problemas voltam a acontecer. E eu como usuário sou prejudicado, ou cobrado. Vejam por favor sobre o que eu recebi hoje:

Olá, Thiago

Nós percebemos que você cancelou vários pedidos de viagem nos últimos dias.

Cancelamentos fazem parte do dia a dia e é esperado que eles ocorram ocasionalmente, mas quando chegam a níveis altos eles prejudicam a experiência de motoristas parceiros que poderiam atender os pedidos de outros.

Nós queremos que sua experiência com a Uber seja a melhor possível.

Dicas para que você encontre com o seu motorista:

Por favor, certifique-se de chamar um Uber apenas quando já estiver pronto para iniciar a viagem. Se você gostaria de agendar uma viagem com antecedência é possível fazer isso pelo aplicativo.

Caso você esteja encontrando dificuldades para encontrar seu motorista você pode utilizar as mensagens do aplicativo ou fazer uma ligação para encontrá-lo.

Se  seu motorista está enfrentando problemas para encontrar o local de partida, não deixe de confirmar se o ponto da sua localização está correto antes de solicitar a próxima viagem.

Obrigada por utilizar a Uber, esperamos que essas dicas possam ajudar a criar uma ótima experiência para você e nossos motoristas parceiros.

Em resumo, os motoristas que não saem do lugar, ou vai para caminhos opostos ao seu encontro, mas que independente não respondem ao chat e eu devo assegurar que estou “pronto”, que falei “com o motorista” e se confirmei o ponto de espera.

Serviço Uber, o que era ótimo está ficando péssimo. – Reprodução

A intenção da mensagem é boa, mas eles deveriam analisar minhas reclamações e corrigir as próprias falhas ao invés de fazer estas sugestões. E não é só:

  • Eles já cancelaram meu código que eu colocava aqui no blog (meu blog pessoal, que não é errado segundo o código de conduta deles), para vocês novos usuários. Certa vez até desativaram minha conta e fiquei mais de meses sem utilizar. Quando decidiram reativar, perdi todos os bônus.
  • Sexta, 31/09/2018 bem chateado com tudo isso, e farto de tantas falhas e respostas automáticas padronizadas, mandei uma mensagem no suporte no app, segue:

Gostaria de questiona-los sobre 4 itens:

1 – Que tipo de treinamento seus funcionários recebem?

2 – Vocês tem Ouvidoria para resolver casos que o cliente não fica satisfeito com a resposta?

Como motivo do questionamento destas, mencionei que nas últimas 3 viagens tive problemas e procurei o suporte, e das 3 vezes me responderam coisas sem sentido.

3  – Quantas viagem eu já fiz?

4 – E meu código para uso de novos amigos ao Uber que não funciona mais?

Resposta: “Agradecemos seu contato, no momento não conseguimos identificar a viagem que você está se referindo.Envie as informações e selecione a viagem específica”. 

Entendem meu descontentamento? Estresse alto por um atendimento que estou pagando. E deixo claro que não estou pagando por um serviço ruim.

Após eu respondê-los, perguntando que não falei de viagem específica, recebi o retorno: “Pedimos desculpas pelas respostas anteriores não serem adequadas. Referente ao treinamento, trata-se de algo confidencial. Reforçamos que o meio de comunicação do suporte é atrás do Ajuda/Help. Conforme solicitado, verificamos que você realizou 1918 viagens até o momento. E que código que não funciona, precisamos de mais detalhes, talvez seja problema na sua conta. E precisamos da tela para analisar os possíveis erros”. 

Incrível a capacidade de um suporte altamente treinado de forma tão confidencial não poder resolver os problemas do cliente, e quando resolve, é pela metade. Por isso o título: Uber em Goiânia, do Luxo ao Lixo.

 

Tags , , , , , ,

A incrível Biblioteca de Tianjin, na China

Somos cultura sim senhor e hoje vamos falar de uma biblioteca magnifica. Conheçam agora mesmo a Biblioteca  que fica em Tianjin, na China, e que é de tirar o fôlego.

O empreendimento foi construído pela  empresa de arquitetura MVRDV, e conta com área de 33,7 mil m² e capacidade para cerca de 1,2 milhão de livro, e foi inaugurada em outubro de 2017. 

Ao dar aos visitantes a sensação de que eles estão caminhando dentro de um olho, o átrio amplo, branco e bem iluminado com uma enorme esfera no centro rodeada por estantes que se espalham pela circunferência do espaço, do chão até o teto.

No entanto, a biblioteca dos sonhos de todo o amante de livros tem um problema: não tem livros.

Quando olhamos mais de perto, as extensas estantes são adornadas apenas com imagens de livros. Ou seja, o acervo é de “apenas” 200.000 exemplares. E quando na abertura do prédio, parte do acervo ficou em exposição espalhado pelas estantes.

Além disso ideia original teve que ser alterada para que a obra fosse finalizada no prazo de três anos e as estantes superiores ficaram impossíveis de acessar.

Mas a biblioteca tem outras salas com estantes normais, onde é possível acessar todo o acervo. Segundo o vice-diretor da Tianjin Binhai, Liu Xiufeng para o site Mashable, autoridades não permitiram colocar livros no saguão principal, que será utilizado para socialização e leitura.

O prédio ainda conta com dois pátios no telhado, salas de leitura, de áudio e de informática, escritórios, espaços para reuniões e auditórios. Mesmo sem sua principal atração, a biblioteca tem recebido mais de 15 mil visitantes toda semana.

Quero visitar!  Vamos a China?

Fonte: ExameCasa Vogue, O Globo,

Tags , , , , , , , , , , ,

Las riquezas da Playa Parayso

Uma das praias mais lindas do litoral mexicano, sem sombra de dúvidas: Playa Parayso, localizada em Tulum (pertinho de Cancún) no estado de Quintana Room.

Ambiente agradável, mar azul e uma paisagem linda. O mar não é calminho, mas também não é tão forte. Tudo tão perfeito que da pra esquecer os problemas por uma boa parte do tempo.

Como chegar:

Em primeiro lugar, que logo no aeroporto de Cancún, vão lhe oferecer a opção de realizar um tour até Tulum por “apenas” US$ 149 (mais de R$ 600). Mas, sinceramente, essa opção só vale a pena se você estiver disposto a rasgar dinheiro, já que é bem fácil chegar até lá por conta própria.

Saindo de Playa del Carmen, a maneira mais fácil de chegar a Tulum é de van que já indicam que Tulum é seu destino.

Dúvidas? É só perguntar ao motorista que você irá descer na zona arqueológica. Quando eu fui (maio/2015) o motorista cobrou cerca de 40 pesos mexicanos (nem de R$ 10).

Um passeio de perder o fôlego, e se eu voltaria ao Mexico? Voltaria sim, mas não para ir em Cancún, que achei que não vale a pena. Cozumel também não. Tulum, Akumal e Islas Mujeres sim, arriba!

Tags , , , , , , , , , ,

Férias 2018: O mais que demais – “Madagascar Circus Show”, do Beto Carrero World

QueBeto Carrero é pra lá de incrível todos já sabem, e inclusive neste ano estive lá e já contei sobre os brinquedos mais legais e empolgantes.

Já hoje vou falar de um dos shows extraordinários que estão no parque e que inclusive pessoas de todas as idades devem se jogar nessa diversão.

 

Estou falando do “Madagascar Circus Show”, onde toda a turminha mais engraçada e festeira do mundo dá show de energia, alegria e simpatia.

Alex, Glória, Rei Julien, os espertos pinguis e cerca de 30 pessoas no elenco trazem todo o espetáculo, com Danças, Musicas, Interação com o público e até números de circo.

Emocionante e super divertido! Eu realmente me surpreendi com tanta emoção, certamente que ultrapassou minhas expectativas.

Onde: Teatro Madagascar Circus Show, dentro do Parque do Beto Carrero.

Quando:  Todos os dias as 14 horas (horário único).

Dicas: Vá pelo menos uma meia hora antes. pois é dificil conseguir lugar, já que o teatro tem limitação de público. No primeiro dia fui quase em cima da hora e não pude assistir. Fique atento e confira no site oficial do parque sobre qualquer alteração na programação. Agora chega de papo, vamos as imagens dessa atração pra lá de maravilhosa?

Leia também outras dicas e passeios que fiz e indico.

 

Férias 2017 – O Fantástico “Mini Mundo” de Gramados

 

 

 

Tags , , , , , , , , , , , , , , ,