Minha retrospectiva 2016! 1



O que posso aprender em 2016 no ano de grandes alegrias?

Apenas para citar alguns fatos marcantes: a corrupção no Brasil, os 11 milhões de desempregados, a alta do dólar e a Crise Econômica, o Impeachment, o Estupro coletivo, os ataques terroristas  e desastres naturais pelo mundo, do acidente do avião da Chapecoense, a guerra entre Taxistas vs Uber.

REPRODUÇÃO

Bem, esse ano o que posso é dizer que foi bem difícil para mim, principalmente na vida amorosa emocional. Estive por exatos 135 dias afastados do trabalhado (INSS) por depressão, no qual carrego a mais de 7 anos. Mas sim, ouve bons momentos, e oportunidades para ser feliz. Será que, errei, acertei ou aprendi algo? Pois bem, listo algumas delas:

  • Política é a droga do mundo, e vejo que dificilmente esses males vem para o bem;
  • Nem todos servem/ querem para ser meus amigos;
  • Nem todos que pensei que poderiam contar, de fato é um bom ombro para chorar;
  • Saudades eu tenho de quem já morreu, os que estão vivos sabem onde me encontrar;
  • Muitos só procuram quando precisam;
  • As (os) “falsianes”, “hipocretianes” e “escrotianes” sempre estarão perto de mim com pele de ovelha;
  • Uma boa rotina espiritual é vital para uma boa relação com Deus;
  • Fofoca é prejudicial e já era depois que se espalha ” as penas ao vento”, não tem como recupera-las;
  • Mentira tem pena curta, e a verdade uma hora vem a tona;
  • Disciplina é importante, seja relacionada a vida mais organizada, seja ela relacionada a castigo/ punição.
  • Passar a borracha no passado é difícil, e por mais que queira ou tente sempre haverá algo ou alguém que trará o fato de volta. O que conta é a forma que vou reagir e como e quanto isso me afetará;
  • É impressionante os benefícios de se fazer atividades físicas, principalmente para o emocional;
  • Sair da Rotina é bom. e viajei. Vamos viajar mais?
  • A vida pode ser injusta, mas vale a pena não desistir, afinal dias melhores virão!;
  • Embora algumas coisas não mudam, eu posso mudar de ideia, de proceder, de casa, de trabalho, ou de opinião. Nunca é tarde para mudar!

Indico a leitura do aprendizados de 2016 de outros blogueiros e jornalistas, clicando aqui, aqui, aqui e aqui.

Leia também alguns post que fiz esse ano:

E você, o que aconteceu na sua vida em 2016? Conte para gente nos comentários, ou no Facebook e Instagram. Espero vocês!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Minha retrospectiva 2016!