Macacos me mordam – profissão fotógrafo!

“Macacos que mordam”, é uma expressão usada a décadas para indicar intensidade, espanto e/ou surpresa a uma situação. Dizem que surgiu na Guerra do Paraguai, pela boca do conde D’Eu, genro do imperador Dom Pedro II e marido da princesa Isabel. Num dado momento ele teria dito ao monarca “macacos me mordam se eu não matar Solano Lopez”, que era o líder dos paraguaios. Desde então, “Macaco” passou a ser usada por racistas para designar os soldados negros das tropas brasileiras. O grupo foi muito usado como “bucha de canhão”, uma humilhante realidade daquele momento. O conde D’Eu não tinha a menor preocupação com isso e passou para a história como uma … Continue lendo Macacos me mordam – profissão fotógrafo!