Arquivos da categoria: 2012

ANAC reconhece a atuação de pilotos surdos na aviação do Brasil

Via blog do Hand Talk, apenas compartilhando:

Se você já acompanha o Blog do Hugo, deve ter percebido que a gente ama compartilhar notícias boas! Mas se é novo por aqui, te convidamos a ler esse e outros textos que contam histórias inspiradoras da cultura e vitórias da comunidade surda. 

Há algum tempo estamos acompanhando a luta do João Avião, o primeiro piloto surdo do Brasil. Ele fundou a Associação Nacional de Aviação de Surdos (ANAS), a primeira na América do Sul, para que pilotos surdos ganhassem visibilidade e pudessem operar voos comerciais no Brasil. Desde sua fundação, projetos foram apresentados para a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e até para órgãos internacionais como a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). Projetos estes que não são apenas voltados para beneficiar os pilotos surdos, mas também para garantir a saúde auditiva e direitos do piloto ouvinte.

Dados tantos esforços, uma grande conquista já pode ser comemorada! No dia 04 de dezembro de 2019 foram publicadas duas emendas a regulamentos da ANAC, que passaram a permitir a atuação de pilotos surdos na aviação civil brasileira! Assinadas pelo presidente da Agência, José Ricardo Botelho, elas alteram os regulamentos RBAC-61 e o RBAC-67 que abordam questões sobre licenças, habilitações e exames médicos para os pilotos do Brasil.

Antes do primeiro voo, o profissional deverá ser submetido e aprovado em um exame prático especial por modelo de aeronave, para verificação da capacidade do candidato em reconhecer a perda de potência ou falha de motor e emergências com um trem de pouso retrátil. 

O piloto surdo não poderá atuar em aeroportos controlados ou internacionais e também com o transporte remunerado de passageiros. No entanto, eles poderão atuar nos voos em que aeronaves não necessitem do uso de rádios para comunicações bilaterais, e em sua licença e certificados deverão conter a observação: “Não válido para voos que requeiram a utilização de rádio comunicação”. Isso significa que eles poderão atuar em áreas em que o uso desse tipo de equipamento nas aeronaves não seja necessário, trabalhando, por exemplo, como Piloto Agrícola, o que antes não era permitido.

Essas alterações, que podem parecer pequenas, mas que representam um grande avanço da aviação brasileira, devem ser celebrada por todos nós. E a luta não para por aí! João está batalhando para que os pilotos possam ser reconhecidos na aviação em todos os países do mundo, tendo permissão e liberação como profissionais.

A gente já deu primeiro passo aqui no Brasil! E quem sabe não poderemos ver mais surdos ocupando lugares que antes não tinham espaço ou em que pessoas acreditavam que eles não seriam capazes. Ainda existe muita exclusão, mas conquistas como essa aquecem nossos corações e nos fazem refletir que a mudança depende de nós. 

Tags , , , , ,

Férias 2013 – (Goiânia a Brasília)

Em 2013, usufrui 20 dias de minhas férias, fazendo duas longas viagens.
A primeira foi para o Paraguai/ Argentina.
Fazendo um longo, mas cansativo percurso: Saindo de Goiânia de ônibus, chegando à Rodoviária de Brasília, pegando Metrô e ônibus até o Aeroporto de Brasília com destino a Campo Grande. Vamos para os detalhes, tempo e quantia gastos em cada trecho?

1ª Trecho: 29/08/2013 – (Quinta-feira)

1 –
Goiânia x Brasília
Via Viação Araguarina – R$ 48,00 (Executivo)
Horário de Saída: 10h00min

Café da Manhã no Araguaia Shopping – R$ 7,55

2 –

Horário de Chegada: 13h00min

Almoço no Subway do Park Shopping – R$ 15,90

Da Rodoviária Interestadual você verá a Estação Shopping, logo ao lado.
Na Estação Shopping, pegue qualquer metrô no sentido Central. – R$ 3,00
Desça na segunda parada, na Estação 114 Sul.

Ônibus Executivo nº. 113 – R$ 8,00 (Levou cerca de 50 min para passar)

Outra Opção: O micro-ônibus nº. 11 para na saída “Eixo L”, que é a primeira saída do corredor à esquerda.

– Importante saber antes qual Terminal de Embarque que você tem que descer. Por exemplo: Azul é no Terminal 1 e Tam e Gol e demais cias no Terminal 2. Que são muito distantes uma da outra. Não sabíamos disso e fizemos uma longa e cansativa caminhada para chegar ao Terminal 2.

– Reclamação: Cerca de 25 min aguardando na fila o Checking na TAM. Demorou demais.

Água – R$ 2,00

Lanche no BomBocado do Aeroporto Internacional JK (Empadão de Camarão + Coca) R$ 16,00

Espero que tenham gostado, dúvidas estou a disposição.
 Nosso 2º Trecho foi do Aeroporto de Brasília até Pontaporã, fronteira do Brasil com Pedro Juan Caballero no Paraguai, que fica para o próximo post. Até lá!

 

Tags , ,

Curso de libras disponibilizado pelos Correios ultrapassa meta

Bom dia,
Como já sabem trabalho nos Correios e o ano de 2012 foi bem produtivo se comparado a 2011 no que trata-se da disseminação da Língua de Sinais: cerca de sete mil empregados dos Correios concluíram o curso introdutório à Língua Brasileira de Sinais — Libras.
Com isso, a empresa dá um importante passo em direção à inclusão de pessoas com deficiência auditiva por meio da comunicação com clientes e população em geral.
De acordo com decreto do Governo Federal, todas as empresas concessionárias de serviços públicos e órgãos da administração pública federal devem garantir às pessoas surdas ou com deficiência auditiva tratamento diferenciado, por meio do uso e difusão da Língua Brasileira de Sinais. Nos Correios, a meta era a capacitação de 5% dos empregados, mas a empresa ultrapassou essa porcentagem em cerca de 20% antes do prazo previsto. Este número é resultado do curso “Libras como segunda língua”, que é oferecido pela UniCorreios, em parceria com o Instituto Federal de Santa Catarina, na modalidade a distância.
Infelizmente, está disponível via intranet somente para empregados. De qualquer forma, já é um degrau andando. O que não quer dizer que ainda seja o ideal, antes nossa empresa, estamos longe disso. É necessário multiplicar treinamentos presenciais e incentivo por parte do corpo gerencial, que ainda é dirigido por apadrinhamento político e não por competência. O que não quer dizer que estes são incompetentes, não todos. Alguns realmente são totalmente competentes e capazes. Que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos seja cada vez mais associada a credibilidade e a ações de inclusão social. Como já disse, é um passo dado. Parabéns!
Tags , , , , , , , , , , , , , , ,

Tom finalmente estréia em Carrossel

           A exibição dos capítulos de Carrossel, onde o ator cadeirante, conforme eu já tinha contado aqui. João Lucas Takaki estreou na semana passada.
            A demora na estréia do personagem Tom, se deu devido o sucesso da novela onde a autora Íris Abravanel teve que prolongá-la e a exibição do horário político quando os capítulos foram encurtados no perídodo. Mas com toda certeza, valeu a pena a espera, pois as cenas estão sendo emocionantes de assistir.
            No capítulo de ontem mesmo Maria Joaquina (Larissa Manoela), Valéria (Maísa Silva), Laura (Aysha Bennelli) e as demais meninas visitaram o personagem Tom, que até então tinha medo e vergonha de ser zombado por outras crianças e que as acompanharam até uma praça, onde se divertiu bastante. Foi ótimo. Hoje, tem mais confusões, não percam.
            Até a semana que vem ele deve entrar na escola e se integrar com os alunos.
            E vocês já assistiram? Gostaram? Respondam nos comentários.
Tags , , , , , , , , , , ,

Seja Voluntário no CRER!

Olá, tudo bem?
Hoje, vou falar um pouco sobre o CRER –  Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo que a cerca de 7 anos tem sido muito importante na minha vida, por me  com excelentes profissionais competentes e qualificados como Fonoaudiólogos, Assistentes Sociais, Otorrinos que me ajudam a cuidar dos meus ouvidos.
 De acordo com a página oficial do CRER,  é um dinâmico hospital que oferece atendimento humanizado e especializado em reabilitação às pessoas com deficiência física e/ou auditiva, exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde – SUS. Desde sua fundação, em 2002, o CRER tem se firmado como referência pela lisura, responsabilidade e transparência.
Uma falha no CRER, é a deficiência em atender os pacientes de acordo com a hora marcada, e que demora bastante. Mas meu objetivo principal é falar do programa de voluntariado.

O projeto  de voluntariado do CRER, “Voluntários que Creem”, foi criado em 2005 a partir do compromisso e sensibilidade de pessoas dispostas a ajudar e oferecer atenção e cuidados aos pacientes do Hospital. O objetivo é contribuir com a população e dedicar tempo e esforços em tornar cada vez melhor a vida de quem mais precisa.

O voluntário do CRER não atua em áreas técnicas, estágio curricular ou de aperfeiçoamento, somente em ações sociais como Posso Ajudar, Recreação, Arteterapia, Corte de Cabelo, Manutenção de Cadeiras de Rodas, Apoio Espiritual e Oficina de Artesanato. O trabalho voluntário não é remunerado e também não possibilita ingresso ao quadro de colaboradores do Hospital.



Para se tornar voluntário do CRER alguns requisitos são necessários, como ter mais de 18 anos, condição e aptidão física para realizar o trabalho, estabilidade emocional, facilidade de comunicação, adaptação do trabalho em equipe, responsabilidade, discrição, comprometimento, dedicação ao trabalho e disponibilidade para, no mínimo, uma vez por semana.

A prática do voluntariado é uma atividade que beneficia ambas as partes envolvidas, além de promover um resultado potencialmente positivo para o voluntário, paciente e Instituição. Em breve, eu mesmo quero participar com quem sabe a Língua de Sinais.

Se interessou? Informações sobre o projeto  de voluntariado do CRER

: voluntariado@crer.org.br / (62) 3232-3054.

Conhece outras maneiras ou outros orgãos? Conte para gente.
Um grande abraço!
Tags , , , , , , , , , ,

Novo Encontro com Larissa Manoela

Boa tarde,
Estive de férias novamente e num dos dias de descanso fui a São Paulo, e olha que legal:
Encontrei mais uma vez a nossa querida amiga Larissa Manoela, isso mesmo a Maria Joaquina de Carrossel.
Fomos no Shopping Eldorado jantar e tiramos uma fotinha:

Ela estava mais linda como nunca, sempre educada e atenciosa. Beijos Larissa!
Ah, gente… Agora estou no instagram: @thiagoperne. Me sigam!

Tags , , , ,

Item de desejo: Caneta Stabilo

Muito bom estar aqui novamente.
Hoje vou falar sobre as canetas da Stabilo. que são frabricadas na Alemanha com altíssima qualidade, alto rendimento e longa duração. Em especial gosto da Point 88. E “cá entre nós” tenho várias. 
Uma má notícia é que são muito caras, pelo menos em comparação a uma caneta popular. Aqui em Goiânia, podem ser compradas por R$ 3,50 a R$ 6,00 dependendo do lugar. Se estiverem dispostos a pagar, eu super indico pois valem a pena. Ah, esta versão é a base de água com traço de 0,4mm.
A um tempo atrás me roubaram o meu estojo de canetas, o que está abaixo:

Caneta Point 88 Stabilo  25 Cores 8825-021
   
 Além da 25 canetas, tinha várias outras canetas que tinha comprado anteriormente, da mesma marca e modelo, além da versão mini (estas eu já comprei novamente) e que estavam guardadas num compartimento “oculto”.
Muito triste né? E o pior é que eu sei quem roubou. Mas a boa notícia é que com certeza em breve terei um desse novamente. Então, esse é o meu primeiro “Item de Desejo”.
Beijos!
Tags , , ,

Teleton 2012!

Booom dia,
Chegou o grande dia de mais um Teleton! Chegou a hora de ajudar os pacientes da AACD. E já são 15 anos, bastante tempo né?

Olha só, o que já conseguimos: 

  • 2011 Meta: Construção da AACD Vitória/ES e Campina Grande (PB), Arrecadação: R$26.802.633,00
  • 2010 Meta: Construção da AACD Mogi das Cruzes/SP Arrecadação: R$ 23.971.095,00
  • 2009 Meta: Construção da AACD Poços de Caldas (MG) e mais 2 unidades em São Paulo (SP). Arrecadação: R$ 23.971.095,00
  • 2008 Meta: Diminuir a espera por atendimento nas unidades. Arrecadação: R$ 18.955.948,00
  • 2007 Meta: Construção da AACD São José do Rio Preto (SP) Arrecadação: R$ 17.111.159,00
  • 2006 Meta: Manutenção das unidades existentes e aumento do número de cirurgias de escoliose Arrecadação: R$ 16.162.588,00
  • 2005 Meta: Construção da AACD Joinville (SC) Arrecadação: R$ 16.162.588,00
  • 2004 Meta: Manutenção das unidades existentes e ampliação do Hospital Abreu Sodré (construção de 18 apartamentos em 5 pavimentos) Arrecadação: R$ 16.616.032,00
  • 2003 Meta: Construção da AACD Nova Iguaçu (RJ) Arrecadação: R$ 15.000.000,00
  • 2002 Meta: Construção da AACD Osasco (SP) Arrecadação: R$ 16.015.454,00
  • 2001 Meta: Ampliação do número de atendimentos na AACD sede Arrecadação: R$ 11.847.000,00
  • 2000 Meta: Construção da AACD Uberlândia (MG) Arrecadação: R$ 10.226.000,00
  • 1999 Meta: Construção da AACD Porto Alegre (RS) Arrecadação: R$ 10.147.000,00
  • 1998 Meta: Construção da AACD Recife (PE) e reforma da unidade Mooca (SP) Arrecadação: R$ 14.855.000,00

Sobre o Teleton

O Teleton foi criado em 1966, nos Estados Unidos, pelo ator e comediante Jerry Lewis, que teve um filho com distrofia muscular. Desde então, é realizado anualmente e serviu de inspiração para outras campanhas televisivas pelo mundo.
No Brasil, o primeiro Teleton ocorreu em 16 de maio de 1998 no SBT com o objetivo de levantar recursos para o tratamento e reabilitação de pacientes atendidos nas unidades da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente). Em sua primeira edição, o projeto arrecadou R$ 14.855.000,00 que foram utilizados para a construção de uma nova unidade da AACD em Recife (PE) e na reforma da unidade da Mooca, em São Paulo.
Em 2011, o evento arrecadou R$ 26,8 milhões, valor destinado à construção de duas novas unidades da instituição, em Vitória/ES e Campina Grande (PB), que devem ser concluídas no final de 2012.
Todos os anos, durante a exibição do Teleton, o SBT tem uma programação especial totalmente voltada ao projeto. Em suas 26 horas, reportagens especiais sobre o trabalho feito pela a AACD, prestações de contas, artistas renomados e atrações musicais são apresentadas ao público diretamente dos estúdios do SBT no Complexo Anhanguera, ao vivo para todo o Brasil. Nesta 15ª edição, que acontece nos dias 9 e 10 de novembro 2012, a meta ficou ainda maior: R$ 25 milhões, suficientes para a instituição manter os 13 centros já existentes e realizar mais atendimentos.

Sobre a AACD

A AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) é uma instituição sem fins lucrativos cuja missão é “Promover a prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência física, especialmente de crianças, adolescentes e jovens, favorecendo a integração social”.
Em 1950, o Dr. Renato da Costa Bomfim, ao lado de um grupo de idealistas, fundou a AACD com o objetivo de disponibilizar no Brasil um centro de reabilitação com a mesma qualidade dos estrangeiros.
Antes de ser um grande complexo, a AACD já chegou a funcionar em dois pequenos sobrados na Rua Barão de Piracicaba, em São Paulo. Em 1963, o primeiro centro foi inaugurado num terreno doado pela prefeitura e localizado na Rua Ascendino Reis, que funciona até os dias de hoje, no bairro do Ibirapuera.
Em 2011, a AACD realizou 1.498.485 atendimentos nos 13 centros de reabilitação distribuídos em seis diferentes Estados: AACD Ibirapuera (SP), AACD Mooca (SP), AACD Santana(SP), AACD Campo Grande (SP), AACD Osasco (SP), AACD São José do Rio Preto (SP), AACD Recife (PE), AACD Uberlândia (MG), AACD Porto Alegre (RS), AACD Nova Iguaçu (RJ), AACD Joinville (SC) e na AACD Poços de Caldas (MG) e AACD Mogi das Cruzes (SP).

E em 2012, não vai ser diferente, vamos todos ajudar. Hoje e amanhã, o SBT apóia a AACD com uma programação pra lá de especial. Não deixe de participar!!

Tags , , ,

Óculos de Verão!

Todo mundo tinha ou tem alguém na sala, que usam óculos com lentes grossas e enormes, que são carinhosamente apelidados como “fundos de garrafa”. Foi-se o tempo em que os que usavam óculos eram aqueles com miopia. Agora podemos usar óculos como acessórios.

E os óculos de sol da “Absurda” e da “Evoke” chegaram para serem hiper usados no verão.
Em 2012, vimos celebridades do mundo todo com um ou mais modelos. E essa ainda será a grande aposta de óculos de sol para o verão 2013.

Pode usar!

Tags , ,

Guia: Como abotoar paletós de 1, 2 e 3 botões?

Oi, pessoal!

Compartilho com vocês uma matéria do colunista de moda masculina, Lula Rodrigues. Disponibilizo parte da matéria disponível no site IG, com algumas pequenas modificações no texto e inserindo minha opinião. Espero que gostem!
1 – Como abotoar paletós de 1, 2 e 3 botões? É só seguir o jogo de dominó, à direita da ilustração abaixo. O ponto branco significa o BOTÃO ABOTOADO. Já o ponto em cinza claro, representa o BOTÃO DESABOTOADO.
Assim, vamos ilustrar, com a coleção da marca Aramis, verão 2012. Mas, como o terno de 1 botão não é comum para o executivo brasileiro, uso a capa da revista Esquire de novembro, com o Justim Timberlake usando um blazer de 1 botão, corretamente abotoado.
2 – No paletó de 1 botão, este pode estar abotoado ou desabotodado quando se estiver sentado.
 Revista Esquire, americana, de novembro 2011
3 – No paletó de 2 botões, o de cima deve ser abotoado. O DE BAIXO, NUNCA :: veja o exemplo do terno de 2 botões Aramis verão 2012, abaixo.
Aramis verão 2012
4 – No paletó de 3 botões, o do meio, deve estar sempre abotoado. Já o DE BAIXO, NUNCA.
Aramis verão 2012
5  – Seguindo o jogo de dominó, quando você estiver usando um terno completo, ou seja, que tenha colete, o último botão do colete, NUNCA DEVE SER ABOTOADO por um home elegante e que sabe das coisas.
Aramis verão  2012
6 – Como abotoar um BLAZER DE 2 BOTÕES, o estilo da vez? Simples: siga a mesma norma do terno, como no exemplo abaixo, o blazer da marca Richards.
Blazer da Richard´s
7 – MAIS DICAS: seguindo a ilustração la em cima, que repito abaixo para facilitar o entendimento e leitura, do lado direito, em bom português podemos dizer que: 
A – Se você é baixo, pode aumentar a sua silhueta escolhendo um terno de 1 botâo, o que é meio difícil no mercado brasileiro, portanto, adote o de 2 botões, que abotoado corretamente, vai alongar o seu torso.
B – Os magros podem apostar no abotoamento duplo, o nosso jaquetão, o estilo esta voltando à moda, mas eu não recomendo para os marinheiros de primeira viagem, por ser dificil de manter abotoado com elegância.
C – Para quem está acima do peso, o terno de 2 botões, como o de 1 botão, ajuda a alongar e disfarçar o excesso, pelo V profundo que a lapela proporciona. Mas, o melhor mesmo, para quem estar acima do peso, é a dieta e não o terno ou abotoamentos.
D – Para os altos e fortes, o terno de 3 botões ajuda a disfarçar a silhueta porque a divide em dois, chamando atenção para o único botão, devidamente abotoado, o do meio.


Tags , ,